Agora cantora, Andressa Urach deu uma entrevista sincerona a Léo Dias revelando que já fingiu namoro com cantor por dinheiro. Na ocasião, ela disse que cobrou R$ 80 mil. Na entrevista, apesar de não citar nomes, encontramos uma matéria antiga no “EGO” do cantor Raffael Machado, que estourou em 2013 com o hit “Vai no cavalinho“, admitindo que viveu um romance falso com a modelo.

“Eu cheguei a ganhar 80 mil reais só pra fingir namorar um rapaz para que ele ficasse famoso. Um sertanejo ficar em evidência. Na época ele assumiu, ele falou que era verdade. Na verdade, a culpa nem era dele, era do pai dele que me contratou. Ele nem sabia, coitadinho. Um menino querido“, disse Andressa Urach na entrevista.

Veja clipe do cantor:

Na entrevista, Andressa ainda relembrou o seu passado como garota de programa.”Sem ser famosa de 400 a 3 mil era o cachê. Depois de famosa de 5 até 30 mil reais eu cheguei a ganhar por um programa“.

Ela ainda esclareceu que mesmo após participar da “Fazenda”, seguiu fazendo programas: “No mínimo, 7 mil reais depois de repetir. De primeira era 15 mil. Aí se ficasse comigo de novo eu dava um desconto e ficava 7 mil. No auge mesmo, 15 mil reais era a média. Eu já cheguei a cobrar 30 mil. Para você ter ideia, eu estava envolvida com o crime. Eu cheguei a namorar com chefe de facção“.

Na música, Andressa Urach critica cantoras brasileiras: “Incentivam a prostituição”

Andressa Urach está se preparando para lançar o seu primeiro single como cantora, “Noite Virou Dia“, que será lançado ainda em julho. Em entrevista à Revista Quem, ela falou sobre o trabalho e como percebe as cantoras da música nacional atualmente.

“É triste ver e ouvir o que se tornou a música brasileira nos dias de hoje. As que se dizem cantoras, incentivam cada vez mais a prostituição e pornografia nas redes sociais e músicas. É deprimente ao ver elas explicitamente induzirem crianças e jovens a se prostituirem, com suas letras e danças pornográficas! Elas fazem o que a Andressa Urach fazia, ‘o tudo pela fama’ e acham isso bonito“, disse.

Andressa ainda continuou: “E eu que assumi meu passado para ajudar as pessoas, ‘sou a errada nos dias de hoje’, por andar na contra mão do mundo. E eu que luto contra isso, que não quero mais ser o que fui, sou mais julgada e condenada, simplesmente por não querer mais me expor e expor meu corpo“.

(Portal Pop Line)