Vítima da Covid, mãe de Adriana Bombom morre sem poder se despedir da filha – Porto Alegre 24 horas
Reprodução/Instagram

Vítima da Covid, mãe de Adriana Bombom morre sem poder se despedir da filha

Dona Ernestina, de 75 anos, estava internada com coronavírus há cerca de 20 dias e não pode receber a visita de ninguém no período

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Morreu na madrugada desta segunda-feira (16), por complicações causadas pelo coronavírus, a mãe da modelo e dançarina Adriana Bombom. Dona Ernestina tinha 75 anos e lutava contra o Covid-19 há cerca de 20 dias, em um hospital no Rio.

A mãe de Adriana Bombom era diabética e hipertensa, e acabou enfrentando um acidente vascular cerebral (AVC) durante o período de internação com coronavírus.

Bombom, que está isolada em casa por conta do contaminação do marido Adrien Cunha pelo novo coronavírus, chegou a lamentar várias vezes que não podia visitar a mãe no hospital durante o período de internação. A mãe da dançarina morreu sem se despedir da filha.

Veja a publicação emocionante que Adriana fez em seu perfil no Instagram:

R7

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade