Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

A Justiça de São Paulo decretou a soltura de um jovem, absolvendo-o, após o homem de 25 anos ficar preso por um ano, injustamente, por um suposto roubo de celular.

Na época do ocorrido, o jovem contava com um álibi que demonstrava que Lucas Silva estava em casa, trocando mensagens de textos e áudio com a namorada e que devido a isso não seria possível que estivesse no local do crime ao mesmo momento.

Ao UOL, a mulher disse: “Acabaram com uma família inteira por todo esse tempo porque nos debruçamos a realizar o papel que o Estado não realizou”.

Por fim, a decisão pela absolvição havia sido definida pelo juiz Marcos Vieira de Morais no dia 2 de dezembro, porém só foi atualizada recentemente. Os autos seguiram com o argumento de “insuficiência de prova da autoria delitiva, prevalecendo a aplicação dos princípios da presunção de inocência”. (Metro)