Criança era mantida em cárcere e acorrentada dentro de barril, em Campinas

Menino de 11 anos diz ter sofrido diversas formas de tortura, entre as quais precisar “comer fezes” por falta de alimentos

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Uma criança de 11 anos foi resgatada pela Polícia Militar na tarde de sábado (30), do cárcere em que estava, em Campinas. De acordo com as informações preliminares, a polícia encontrou o local – um barraco no Jardim Itatiaia – após denúncia anônima.
O menino foi resgatado de dentro de um barril, amarrado e com um tempo de mármore usado como tampa. De acordo com o 2º sargento Mike Jason, em entrevista ao Uol, a situação em que o menino foi encontrado era “desoladora”.

Até o momento há poucas informações sobre há quanto tempo a criança estaria em cárcere privado. Ainda segundo o sargento,”o homem disse que uma mulher, usuária de drogas, e com quem ele teve relação, afirmava que o filho era dele. Essa usuária abandonou o menino com ele e a atual companheira”.

A criança também afirma ter sofrido diversas formas de tortura, entre as quais ser forçada a comer fezes por falta de alimentos disponíveis. Também há relatos de que o homem jogava água sanitária e água fria para dar banho no menino.

Fonte Portal IG