Jovem de 19 anos é morta a facadas por jogador de Call of Duty de time rival – Porto Alegre 24 horas
Foto: Reprodução

Jovem de 19 anos é morta a facadas por jogador de Call of Duty de time rival

Polícia prendeu jogador de 18 anos, que disse ter conhecido a vítima há um mês e gravou vídeo rindo: “Eu realmente matei ela, entendeu?”

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Um jogador de Call of Duty, de 18 anos, foi preso em flagrante depois de assassinar a facadas uma jovem, de 19 anos, do time adversário. O crime aconteceu na segunda-feira (22) em Pirituba, zona oeste de São Paulo.

De acordo com o boletim de ocorrência, Guilherme Alves Costa estava em casa quando esfaqueou Ingrid Oliveira Bueno da Silva diversas vezes e depois fugiu. O irmão de Costa, que afirmou não conhecer a mulher, chegou ao local do crime e a viu desmaiada e ensanguentada. A Polícia Militar atendeu a ocorrência.

Ingrid era conhecida como Sol e integrava a equipe FBI E-Sports de Call of Duty, um jogo eletrônico de guerra. O autor do crime disse que conheceu a vítima na internet há pouco mais de um mês. Ao que tudo indica, ele fazia parte de um time adversário, o Gamers Elite.

Após esfaquear a jovem, Guilherme Alves Costa gravou um vídeo em que ri da situação e confirma ter cometido o crime. “Vocês estão achando que é tinta, montagem ou algo do tipo, mas não é. Eu realmente matei ela, entendeu? […] Olha só, que maravilha”, disse, aos risos, ao se referir ao corpo aparentemente sem vida.

O assassino disse à PM ter planejado o homicídio e afirmou ter escrito um livro em que explicava suas motivações. Ele faz uso de discurso de ódio contra o cristianismo, por exemplo. Os agentes coletaram uma cópia do suposto material para análise. (ND+)

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade