Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

Eliminada com a maior rejeição da história do Big Brother Brasil, 99,17% dos votos, Karol Conká revelou estar arrependida de ter participado do reality show. A cantora entrou na 21ª edição do programa como integrante do grupo Camarote.

“Eu me arrependo. Se eu soubesse que ia ser desse jeito, que eu ia chegar toda estragada lá dentro, eu não teria entrado. O Brasil não merece esse tipo de entretenimento”, afirmou a curitibana, em entrevista à Ana Maria Braga, nesta quarta-feira (24/2).

Em participação ao vivo no Mais Você, Karol contou que, desde que deixou o confinamento, na noite passada (23/2), vem sofrendo ameaças que envolvem, inclusive, sua família.

“Minha família não merece passar pela situação que está passando agora, sendo ameaçada por pessoas sem noção. O erro foi meu, acho que minha mãe, meu filho e meu irmão, não têm nada a ver com isso. Já estão passando dos limites e indo além do que eu fui dentro da casa, estão sendo hipócritas, me apedrejando por eu ter passado dos limites, mas estão passando dos limites comigo”, desabafou.

“Não cometi nenhum crime, acho que o que eu fiz ali foi exatamente perder o controle. Eu perdi o controle, me desequilibrei, me descontrolei. Eu não sou dessa forma aqui fora. Da maneira que me expus, o que eu posso levar dessa situação é entender que tenho sanidade para procurar ajuda psiquiátrica”, finalizou.

Ao se despedir da convidada, Ana Maria mostrou solidariedade ao momento: “Eu fico aqui na torcida para que você possa correr atrás dessa sua sanidade e da sua vida, recuperando seus seguidores, sua vida de cantora que é muito bonita. Quero te desejar boa sorte, conte com a gente aqui. Tudo de bom para você”.

“Obrigada, Ana. Obrigada a quem está mandando energias boas. Acredito que tudo isso vai passar e as pessoas vão entender que lá dentro é um jogo e aqui fora é minha vida. Mereço respeito. Peço perdão mais uma vez, Brasil, a todos envolvidos nas tretas. Aquela vilã ficou lá dentro”, terminou Karol.

Fonte: Metropoles