Supremo dá 5 dias para Bolsonaro explicar decreto de armas

Antes de decidir sobre o pedido de suspensão apresentado por partidos de oposição, ministra Rosa Weber quer ouvir as explicações do presidente

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, decidiu dar 5 dias de prazo para que o presidente Jair Bolsonaro explique a edição recente de novos decretos que flexibilizaram o acesso a armamento e munições no país. A informação é do portal R7.

Segundo a reportagem, Rosa Weber quer ouvir as explicações de Bolsonaro, da Advocacia-Geral da União e do procurador-geral da República, Augusto Aras, antes de decidir sobre o pedido de suspensão dos decretos apresentado por partidos de oposição.

“Requisitem-se informações ao presidente da República, a serem prestadas, no prazo de cinco dias. Após, dê-se vista ao advogado-geral da União e ao Procurador-geral da República, sucessivamente, no prazo de três (03) dias”, afirmou ela, no despacho.

Desde o início da gestão, Bolsonaro tem tomado uma série de decisões para ampliar o acesso da população às armas.