Foto: Reprodução | Facebook

Mãe e filha morrem de Covid-19 em intervalo de 12 horas em Santa Catarina

Doralina de Fátima Siqueira Leal, de 43, era professora do município de Indaial (SC). A filha, Ana Carla Leal, de 27, era designer de moda

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Uma mulher de 43 anos e a filha, de 27, morreram em um intervalo de 12 horas, em razão de complicações causadas pela Covid-19. Ambas estavam intubadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Beatriz Ramos, em Indaial, no estado de Santa Catarina, e morreram na segunda-feira (29/3).

A mãe, Doralina de Fátima Siqueira Leal, faleceu à 1h46; a filha, Ana Carla Leal, às 14h20. O velório de Doralina ocorreu ainda na segunda, à tarde. Já o de Ana, na manhã desta terça-feira (30/3).

Professora da rede de ensino infantil do município, Doralina chegou a usar as redes sociais, em 13 de março, para pedir pensamentos positivos em prol da melhora do quadro clínico da filha, que havia sido internada três dias antes, em 10 de março.

“Pessoal, venho aqui pedir orações para a minha filha que está intubada com caso grave de Covid. Todas as orações serão bem-vindas neste momento. Com a graça de Deus, que sua saúde seja restaurada e ela se recupere o mais rápido possível”, escreveu a mãe.

Em 14 de março, Doralina, que já estava com muitos sintomas da doença, também foi internada no mesmo hospital e precisou ser levada à UTI, para intubação urgente. (Metrópoles)