Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News Entre no grupo do Whatsapp

Um médico ortopedista do Núcleo de Gestão Assistencial, em Franca (SP), ironizou o pedido de uma paciente e se recusou a colocar a máscara — item de uso obrigatório em São Paulo no combate à pandemia de Covid-19.

“Deus me deu uma cabeça boa e eu não vou estragar ela pondo máscara”, disse Sergino Miranda Dias na consulta, gravada pela dona de casa Flávia de Souza Pedro.

“Esse ar viciado que você está respirando aí vai ‘cozinhar os miolos’. Fica tranquila, para de assistir televisão, é o que eu posso te falar”, disse.

A dona de casa insiste e o médico continua: “Não vou usar, não tem jeito. Me prende então”. Ele diz que já atendeu uns 12 pacientes e que não transmite porque é imune.

À TV Record, a paciente afirmou que começou a gravar a consulta depois que o médico disse que era imune porque já tinha sido contaminado pelo coronavírus. Ela disse ainda que já tinha sido atendida por ele em janeiro, também sem máscara.

A Prefeitura de Franca afirmou que informou que já advertiu o profissional sobre o cumprimento dos protocolos sanitários, e assim tem orientado a todos os seus colaboradores. “O caso relatado foi encaminhado à Secretaria de Saúde para melhor apuração dos fatos e adoção das medidas administrativas cabíveis”, disse.

Assista: