Reprodução/TVGlobo

Homem que matou carroceiro a flechada é condenado a 14 anos de prisão

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

São Paulo – A Justiça de São Paulo condenou Denis Young Kim a 14 anos de prisão. O homem foi acusado de matar um carroceiro com uma flechada, após uma discussão em 2016.

A 1ª Vara do Júri, no Fórum Criminal da Barra Funda, Zona Oeste da capital, condenou Kim por homicídio qualificado por motivo fútil e recurso que dificultou a defesa da vítima. O comerciante matou Aldemir Ribeiro Pontes, por ele ter esbarrado a carroça no carro dele, um Peugeot 206 prata, no bairro Bom Retiro.

A arma utilizada por Kim é conhecida como besta ou balestra, e é utilizada para esporte ou caça. A flecha disparada contra o carroceiro perfurou a carótida da vítima.

Segundo o Ministério Público, o disparo foi feito de dentro do veículo. Fato confirmado por uma policial militar à paisana e um vigilante que estavam próximos ao local.

“Os jurados decidiram com justiça ao condenarem um indivíduo extremamente violento e que matou um humilde catador de recicláveis com uma flechada no pescoço. O crime foi cometido por motivo fútil. Tudo aconteceu porque o réu considerava a vítima um mendigo que atrapalhava o trânsito com sua carroça”, disse o promotor Felipe Zilberman, ao G1.

A defesa de Denis foi realizada pela Defensoria Pública. O órgão não se pronunciou sobre a decisão.

Fonte: Metropoles