Instituto Butantan estuda criação de vacina única contra a gripe e a Covid-19 – Porto Alegre 24 horas

Instituto Butantan estuda criação de vacina única contra a gripe e a Covid-19

Ainda não é possível saber quando o imunizante estará disponível para os ensaios clínicos; junção dos vacinas facilitaria imunização e reduziria custos
Foto: CNN Brasil

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

O Instituto Butantan está estudando a possibilidade de desenvolver uma vacina única contra a gripe e a Covid-19 com o objetivo de facilitar a imunização da população e reduzir custos logísticos dos processos.

De acordo com o instituto, o novo imunizante está em fase de prova de conceito e os primeiros resultados devem sair dentro de alguns meses.

No entanto, ainda não é possível precisar quando o imunizante estaria disponível para os ensaios clínicos. A principal vantagem de ter um imunizante único para as duas doenças é a otimização das campanhas de vacinação, uma vez que as pessoas só teriam que se dirigir aos postos de vacinação uma única vez e os grupos prioritários são parecidos, principalmente os idosos.

Além disso, os gastos do Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, para que as vacinas cheguem à população seria reduzido.

A atual vacina da gripe produzida no Butantan utiliza três cepas do vírus da influenza e é chamada de é trivalente.

Já a nova vacina do instituto contra a Covid-19, a ButanVac, utiliza o vírus da doença de Newcastle geneticamente modificado para conter a proteína Spike do coronavírus de forma íntegra. Ambos os imunizantes utilizam ovos embrionados para sua produção.

Agora, a proposta é a formulação dos quatro componentes juntos – a trivalente da gripe e a tecnologia usada na Butanvac.

“Se der certo, faremos um teste pré-clínico mais robusto, com maior volume de amostras”, afirma o diretor de produção do Butantan, Ricardo Oliveira.

O Butantan esclarece que vacinas combinadas já existem há muito tempo, mas até agora nenhuma delas envolve a imunização contra o vírus SARS-CoV-2, que causa a Covid-19.

“Precisamos avaliar como será a interação entre as proteínas para ver se uma vacina não atrapalha a resposta imunológica da outra”, diz Ricardo.

O anúncio da pesquisa da nova vacina foi feito na última sexta-feira (18) pelo presidente do instituto, Dimas Covas, em coletiva de imprensa.

“O Butantan está tentando colocar em uma fase adiantada de desenvolvimento uma vacina que seja única para a gripe e a Covid-19. É um desenvolvimento importante, pois, se conseguirmos, será a primeira vacina do mundo nesta condição”, disse Dimas. (CNN)

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade