Venezuela tem 12 infectados por Covid-19 antes de jogo contra o Brasil – Porto Alegre 24 horas

Venezuela tem 12 infectados por Covid-19 antes de jogo contra o Brasil

Seleção venezuelana estreia contra a Seleção Brasileira neste domingo (13/6), em Brasília, no Estádio Mané Garrincha
Foto: Divulgação

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

A Secretária de Saúde do DF confirmou neste sábado (12/6) que subiu para 12 o número de membros da delegação da Venezuela que testaram positivo para Covid-19. Como o Metrópoles noticiou com exclusividade, até sexta, cinco jogadores e cinco membros do staff venezuelano haviam testado positivo para o coronavírus.

A Venezuela tem compromisso previsto contra a Seleção Brasileira, neste domingo, às 18h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O torneio e sua realização no Brasil foram motivos de intensa polêmica justamente por causa da disseminação do coronavírus no país.

O exame que deu positivo para os membros da federação venezuelana foi feito pelo laboratório Sabin. Os laudos foram repassados ao Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs) da SES-DF, que, por sua vez, os notificou ao Cievs do Ministério da Saúde. Agora, será necessária uma nova coleta, com o intuito de verificar se não houve falso positivo.

A Venezuela tem jogo marcado contra a Seleção Brasileira neste domingo (13/6), às 18h. As seleções estreiam a Copa América, que foi alvo de polêmicas justamente pela possibilidade de disseminação de coronavírus no país.

O Metrópoles entrou em contato com a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) questionando sobre o caso, mas não obteve retorno. O espaço continua aberto.

Regulamento alterado
Mas após a confirmação dos casos de Covid-19 entre venezuelanos, a Conmebol mudou o regulamento da competição e alterou o limite de cinco substituições – por conta da doença – entre os jogadores convocados pelas seleções.

Em comunicado no site da instituição na noite desta sexta, o artigo 30.1 do regulamento foi modificado: as seleções poderão fazer trocas na lista final de jogadores, até mesmo no decorrer da Copa América, sem limite de mudanças, caso algum atleta teste positivo para a Covid-19.

Fonte: Metropoles

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade