Gaúchas moram há três meses em um McDonald's no Rio de Janeiro
Search
Foto: Rádio CBN Rio

Gaúchas moram há três meses em um McDonald’s no Rio de Janeiro

Carregando cinco malas de grande porte, elas ocupam seu tempo na lanchonete, descansando do lado de fora na calçada até que a loja abra.

Compartilhe esta notícia

Duas gaúchas estão vivendo em uma loja do McDonald’s, no bairro Leblon, no Rio de Janeiro. Segundo informações da rádio CBN Rio, elas estão por lá há quase três meses.

As duas carregam cinco malas grandes em boas condições. À noite, dormem na calçada em frente ao restaurante de fast food, esperam a loja abrir e passam o dia lá dentro, inclusive fazendo suas refeições.

Essa situação deixou os vizinhos bem surpresos. As mulheres se chamam Suzy e Bruna, e dizem ser mãe e filha. Ambas têm celulares, estão sempre limpas e têm dinheiro para pagar pelo que consomem na loja e em outros lugares na vizinhança.

Um morador comentou à rádio: “Quando o McDonald’s fecha, elas continuam ali do lado de fora, não se afastam. E quando abre de manhã, elas entram e sempre pegam a mesa mais próxima da porta. É realmente triste, viver numa lanchonete não é uma situação fácil de aguentar”.

Elas dizem ser do Rio Grande do Sul, mas já moram no Rio de Janeiro há oito anos. Uma delas afirmou estar procurando um aluguel no Leblon por até R$ 1.200 e disse que tem visitado apartamentos pela região.

Apesar disso, elas recusam qualquer tipo de ajuda, seja da polícia ou dos assistentes sociais. Uma funcionária do McDonald’s contou que chegou a conversar com Bruna, que mencionou que o marido estava em Paris e ela esperava ele voltar para alugar um lugar para morar.

Um vendedor ambulante da área disse que já as conhecia de um hotel em Copacabana, onde deram um calote na hospedagem em 2022. “Elas se hospedaram lá e não pagaram. São bem ríspidas, não aceitam ajuda e ficam andando sem um lugar fixo”, relatou o vendedor.

Cobertura do Porto Alegre 24 Horas

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Porto Alegre 24 Horas nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Tem também o nosso grupão do Telegram e no Whatsapp.

Siga o Porto Alegre 24 Horas no GOOGLE News!