Com gol de Sobis, Internacional ganha do São Paulo por 1 a 0
Connect with us

Inter

Com gol de Sobis, Internacional ganha do São Paulo por 1 a 0

Publicado há

em

Foto: Reprodução/Twitter @SCInternacional

O Internacional foi o grande vitorioso no jogo contra São Paulo neste sábado (7), pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Rafael Sobis marcou o gol do colorado e o placar terminou em 1 a 0. A partida ocorreu abaixo de chuva no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. O público total foi de 16.048 pessoas. Destes, 13.538 foram pagantes, trazendo uma renda de R$ 631.570,00.

PRIMEIRO TEMPO:

A bola começou a rolar no campo às 19 horas. Reinaldo (SP) tentou o passe para Everton pela esquerda, mas a bola saiu pela linha de fundo. Em seguida, o goleiro Marcelo Lomba (SCI) saiu jogando de forma equivocada pela esqueda, cedendo lateral ao São Paulo. Com esse movimento, Reinaldo lançou lateral na área do Inter, mas Victor Cuesta conseguiu tirar.

Aos 5 minutos, Liziero e Éverton efetuaram troca de passes, levando a bola na entrada da área, onde Raniel recebeu e tentou finalizar com perigo um gol para o São Paulo, mas Lomba defendeu.

No 9º minuto do primeiro tempo, Guilherme Parede é derrubato por Hudson, e o juiz dá falta. O Inter segue o jogo atacando, e Zeca cruza para Rafael Sóbis. Reinaldo corta de cabeça para escanteio. Volpi tira o cruzamento de soco e cai após colidir contra Klaus. Falta para o São Paulo.

Aos 11, o São Paulo tentou finalizar de novo. Everton fez uma jogada pela esquerda, chegando ao fundo e passando a bola para Tchê Tchê, que estava dentro da área. Ele finalizou com o pé direito, mas a bola passou por cima da goleira. Nos 15 minutos da partida, Patrick derrubou Tchê Tchê perto da grande área. Mais uma falta para o São Paulo.

Com 20 minutos decorridos do primeiro tempo, Nonato recebeu na entrada da área de Rafael Sóbis e chutou à direita do gol, mas errou o alvo.

Seguindo o jogo, Juanfran recebeu a bola pela direita livre e passou para Vitor Bueno, mas o atacante demorou para definir a jogada. A bola passa a ser tocada pelo São Paulo. Liziero lançou para o ataque, mas Marcelo Lomba defendeu.

Notícia Relacionada:  Filho de Fernandão assina contrato profissional com o Internacional

Juanfran tentou, novamente, fazer cruzamentos, teve o ataque cortado por Bruno Silva. Aos 27 minutos, Sóbis faz o toque em direção a Zeca, que cruza para Pottker, mas Anderson Martins se intrometeu nos passes e trouxe a bola de volta ao São Paulo.

Aos 29, o Inter já tinha recuperado a bola e Nonato cabeceou após cruzamento de Patrick pela esquerda. Novamente, o colorado finaliza sem acertar a goleira. A partir daí, o Inter passou a jogar mais no campo de ataque, criando mais oportunidades de gol.

Com 35 minutos de partida, após desarme no meio de campo, Sobis abriu espaço e finalizou forte, mas o goleiro do São Paulo defendeu e evitou o gol do colorado. Em seguida, São Paulo partiu para o escanteio. Arboleda cabeceou e acertou a marcação do Inter, mas o tricolor paulista seguiu no ataque.

Aos 38, Anderson Martins desartou Pottker na entrada da área. Nonato insistiu e retomou a bola para fazer a jogada pela esquerda, mas foi derrubado por Hudson. Falta para o Inter. O lateral esquerda Reinaldo, do São Paulo, levou cartão amarelo.

Sobis pegou a bola de novo e cruzou escanteio fechado, mas Hudson cortou para trás. A bola passou pertíssimo do gol de Volpi, mas foi para fora. Quase gol contra!
Aos 42, Anderson Martins derruba Guilherme Parede na intermediária, causando falta para o Inter.

Ao mesmo tempo, o juiz dá cartão amarelo para Bruno Silva por falta em Victor Bueno. O jogador do São Paulo recebeu atendimento médico no campo. O colorado já havia recebido dois cartões pelo Fluminense. Com este terceiro, vai desfalcar o inter contra o Atlético-MG.

O primeiro tempo terminou sem gols para Internacional e São Paulo.

SEGUNDO TEMPO:

O segundo tempo começou conturbado no Beira-Rio, com falta de Pottker em Reinaldo e Bruna Silva desarmando Liziero no meio de campo. Heitor fez falta em Everton pela esquerda do ataque são-paulino. O goleiro do São Paulo saiu jogando com o pé e driblou Nonato perigosamente.

Notícia Relacionada:  Jair Bolsonaro publica falso vídeo de caça de baleias para criticar Noruega

Aos 3 minutos, Liziero levou cartão amarelo por falta em Nonato após carrinho. O jogador recebeu atendimento médico. Com 7 minutos de jogo, Liziero foi substituído pelo meia Gabriela Sara. Aos 10, Pottker derrubou Everton. Falta para o São Paulo. m seguida, é a vez do Inter fazer mudança no time. Pottker sai e Wellington Silva entra no lugar do atacante.

Mostrando ao que veio, Gabriel Sara invadiu a área pela esquerda e chutou, mas acabou sendo travado por Klaus. Nos 13 minutos de partida, Tchê Tchê errou sozinho e jogou a bola para a lateral.

Quase gol! Aos 15 minutos, Wellington Silva desviou de cabeça o cruzamento de Guilherme Parede, mas Volpi salvou o São Paulo de um gol.

Mais uma troca: Odair Hellmann substitui o volante Bruno Silva por Edenílson nos 16 minutos. A torcida colorada ovacionou o jogador quando ele entrou em campo.

Com a bola rolando no Beira-Rio, Gabriel Sara recebeu pelo meio, avançou e chutou cruzado de fora da área para a defesa do goleiro do Inter. Sobis pega a bola e cruza, mas Volpi tira da área de soco. Nonato recebeu dentro da área, mas logo foi desarmado por Anderson Martins.

Aos 19 minutos, o tricolor tem mais uma alteração: Vitor Bueno é substituído por Igor Vinícius, lateral direito. Wellington Silva fez uma boa jogada pela esquerda e tocou para Sobis, mas o jogador caiu ao tentar dominar. Na sequência, Nonato empurrou Hudson, marcando falta.

Nos 23 minutos da partida, o São Paulo errou na saída de bola, mas Hudson tomou a frente de Patrick, que foi ao chão. Embora a torcida colorada tenha reclamado, a arbitragem mandou seguir o jogo. Uma série de passes errados levaram a uma falta perigosa para o Inter, quando Edenílson saiu na entrada da grande área.

Notícia Relacionada:  Internacional faz 3 a 1 no Galo dentro do Independência

Nos 28 minutos, surge a possibilidade de pênalti por possível toque no braço de Hudson dentro da área. Marcelo de Lima Henrique decidiu rever o lance na cabine do VAR. O volante são-paulino acabou levando cartão amarelo.

GOOOOL! Aos 31 minutos, finalmente um dos times inaugura o placar. Rafael Sobis bateu no canto direito. Volpi esperava no meio, e não conseguiu chegar perto da bola a tempo. 1 a 0 para o Inter. Em seguida, mais duas trocas: Nonato saiu e Neilton entra no ataque do colorado. Já no São Paulo, Juanfran é substituído por Fabinho.

Com 34 minutos de partida, a arbitragem dá cartão amarelo para Anderson Martins por falta em Wellington Silva pois o jogador tricolor deu um carrinho na entrada do colorado na entrada da grande área.

Aos 37, Anderson Martins protegeu a bola depois de lançamento para Guilherme Parede. Volpi saiu para fazer a defesa. Nelson foi desarmado por Hudson e Igor Vinícius levou cartão amarelo por falta em Edenílson. Cinco minutos depois do primeiro gol do colorado, Sobis tentou finalizar de longe, mas Volpi fez a desesa. Igor Vinícius pegou a bola e finalizou de bicicleta, mas passe foi fraco e goleiro do Internacional pegou fácil.

Aos 45, a arbitragem assinalou mais cinco minutos de acréscimos. Boa chance para o Inter perdida: Guilherme Parede puxou contra-ataque pela esquerda, mas lançou direto para a linha de fundo. Sobis fez jogada individual, tirou a defesa do São Paulo com dribles e caiu na entrada da área, mas jogo seguiu.

Na reta final da partida, o São Paulo tentou troca de passes no campo de ataque. Aos 49, Raniel cabeceou para a defesa do goleiro Marcelo Lomba. Não deu para o são-paulino. O apito final anuncia o fim de jogo e a vitória do Internacional por 1 a 0.

O Sul

loading...
Patrocínio
Patrocínio
Patrocínio