Na noite desta quinta-feira (10), o Grêmio enfrentou o Bahia no estádio de Pituaçu, em Salvador, e reencontrou a vitória. No primeiro tempo o tricolor fez 1 a 0 com Alisson, aos 23 minutos e, no início do segundo tempo, aos 8 minutos, Darlan ampliou.

Vindo de uma derrota (por 2 a 1 contra o Sport) e um empate (em 1 a 1 com o Atlético-GO), nas últimas rodadas, já eram seis jogos sem vencer, além da ameaça de finalizar a rodada na zona de rebaixamento, fantasma que o tricolor agora deixa mais para trás, subindo para a 10ª colocação, com 11 pontos.

O jogo

Logo nos primeiros minutos, Gilberto fez uma boa finalização, soltando uma bomba em direção a meta gremista, mas Vanderlei fez a defesa. Em seguida, foi a vez de Élber sair no contra-ataque em velocidade e acionar novamente Gilberto, que chutou, mas David Braz conseguiu bloquear o lance.

Passados 13’, o Bahia chegou de novo com um cruzamento da direita feito por Ernando. Juninho recebeu e completou a gol, mas mandou pra fora, para sorte do tricolor. O Grêmio tentou responder com uma jogada ensaiada. Em cobrança de falta, Alisson tocou para David Braz, que girou e finalizou, obrigando Mateus Claus a uma grande defesa. Em seguida Élber começou uma jogada até a bola chegar a Rodriguinho que, livre da marcação, chutou cruzado, para Vanderlei defender. Em seguida, Juninho tirou do goleiro gremista e, por cobertura, a bola chegou para Gilberto, que cabeceou por sobre o gol.

Mas foi aos 23’, que o Grêmio conseguiu chegar bem ao ataque e ser efetivo. Cortez cobrou lateral, colocando a bola dentro da área – a zaga afastou e a bola chegou a Alisson, que chutou rasteiro, no canto direito da meta baiana e Mateus Claus não conseguiu defender. Não demorou muito e quase que o tricolor ampliou o marcador. Alisson recebeu na pequena área, tirou do goleiro e sobrou para Darlan, que chutou, mas a zaga bloqueou.

Aos 29’, Everton fez um cruzamento na cabeça de Diego Souza, que desviou para a meta, mas a bola passou por sobre o gol do Bahia.

Na reta final do primeiro tempo, aos 41’, Cortez deu um bom passe para Alisson, que encontrou Diego Souza no meio. O centroavante escorou para Isaque, que chutou, mas a bola saiu raspando a trave. Ao final, Orejuela dominou na direita e chutou, mas mandou para fora.

O Grêmio voltou mais ofensivo na segunda etapa, conseguindo trabalhar bem a bola e construir boas jogadas. Logo aos 2’, Cortez saiu em velocidade pela esquerda e cruzou na área, mas a defesa baiana cortou pela linha de fundo. Os adversários responderam aos 7’, com Gilberto. Vanderlei saiu para fazer uma grande defesa e afastar o perigo.

Aos 8’, o marcador mudou. Everton driblou a marcação no meio e acionou Darlan mais à esquerda. O volante mandou uma pancada, assinalando o segundo gol gremista. Em seguida, em contra-ataque após um erro baiano, Isaque, pela direita, invadiu a área e chutou cruzado, mas saiu a linha de fundo. Já o Bahia respondeu com uma bola na trave de Rodriguinho, que mandou forte a gol.

Com 17’, Matheus Henrique serviu Orejuela na direita. O lateral chutou, mas o goleiro defendeu. Minutos depois, Matheus Henrique acabou expulso, após levar o segundo cartão amarelo na partida.

A equipe do Bahia chegou com cobranças de faltas. Na primeira, Rossi desviou, mas a bola saiu a linha de fundo e na segunda, a defesa tricolor afastou.

Depois de um rápido contra-ataque, Luiz Fernando quase marcou o terceiro gremista, quando soltou uma bomba, obrigando Mateus Claus a boa defesa, aos 29’. Na sequência, a bola sobrou de novo para o atacante, que chutou novamente, para mais uma defesa do arqueiro adversário.

O Bahia também acabou com um expulso, depois de uma falta muito forte cometida por Gregore sobre Orejuela.

Na reta final, a bola foi cruzada por Guilherme Azevedo na área, fechado. Mateus defendeu, mas cedeu escanteio.

Bahia – Técnico Cláudio Prates

Mateus Claus, Nino Paraíba (Marco Antonio), Ernando, Juninho, Matheus Bahia, Edson (Rossi), Gregore, Daniel (Clayson), Rodriguinho (Jadson), Élber, Gilberto (Everton).

Grêmio – Técnico Renato Portaluppi

Vanderlei, David Braz, P. Miranda, Orejuela, Cortez, Darlan (Rodrigues), Matheus H., Isaque (Rildo), Alisson (Guilherme Azevedo), Everton (Lucas Silva), Diego S. (Luiz Fernando).

Arbitragem

José Mendonça da Silva Junior – PR (CBF)) apita o jogo auxiliado por Ivan Carlos Bohn – PR (CBF) e Jefferson Cleiton Piva da Silva – PR (CBF). Irinaldo Jorge dos Santos Silva – BA (CBF) é o quarto árbitro. Paulo Roberto Alves Junior – PR (CBF) é o árbitro de vídeo, que tem como assistentes Tiago Nascimento dos Santos – PE (CBF) e Victor Hugo Imazu dos Santos – PR (CBF).

(O Sul)