Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

PC Siqueira, acusado de pedofilia em junho deste ano, usou seu perfil no Instagram, na última terça-feira, 22, para pedir doações para pagar contas e comprar comida.

“Para quem quiser contribuir na causa da minha existência. Eu estou pagando minhas refeições e contas exclusivamente com doação de quem gosta do meu trabalho”, disse Siqueira na rede social.

Em novembro, a assessoria de Secretária de Segurança Pública de São Paulo confirmou que PC Siqueira segue em investigação. “O caso segue em investigação pela 4ª Delegacia de Repressão à Pedofilia, da Divisão de Proteção à Pessoa do DHPP. Detalhes não podem ser passados porque o IP está em segredo de Justiça”.

O youtuber não tem se manifestado sobre o caso por orientação de seus advogados.

A acusação de pedofilia aconteceu em 10 de junho, quando a conta Exposed Emo, do Twitter, liberou uma gravação de tela de uma conversa supostamente de PC Siqueira. Nas imagens da tela do direct, o youtuber teria falado sobre uma amiga que enviava a ele fotos de sua filha de seis anos de idade. (Catraca Livre)