Crédito: Reprodução/Instagram

BBB 21: Juliette usará prêmio para pagar cirurgia no coração da mãe

Entenda a má-formação que expõe Dona Fátima a riscos de novos AVCs

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Da Catraca Livre

Uma parte do prêmio de R$ 1,5 milhão que Juliette conquistou no BBB 21 já tem destino certo. A advogada e maquiadora já tinha falado de sua preocupação com relação à saúde de sua mãe, que sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) em 2019 por ter uma má-formação no coração. Portanto, o dinheiro deve ser usado para pagar a cirurgia cardíaca e corrigir essa anomalia.

Conforme já contato por Juliette, o problema de saúde deixou sequelas em Dona Fátima Freire, que perdeu a firmeza das mãos até para escrever.

Abertura no coração

O AVC só aconteceu porque o coração de Dona Fátima tem uma abertura chamada forame oval, que deveria ser fechada. Essa abertura é necessária durante a fase gestacional, porque possibilita que o feto receba sangue oxigenado da mãe.

Só que o certo é esse orifício se fechar nos primeiros meses de nascimento do bebê, o que não ocorreu no caso da mãe de Juliette.

O problema é que essa má-formação pode causar a passagem de coágulos de sangue do lado direito para o esquerdo do órgão, causando o AVC.

Cirurgia

A cirurgia de oclusão do forame oval é uma das formas de prevenir futuros derrames. A intervenção é feita através de um procedimento cardíaco minimamente invasivo, com a colocação de uma pequena prótese na abertura existente.

De acordo com o site do Hospital Israelita Albert Einstein, esse procedimento é feito com anestesia local e sedação, ou anestesia geral, e normalmente dura em torno de duas horas. A recuperação é habitualmente feita em um quarto hospitalar normal ou em uma unidade Semi-Intensiva.