Foto: Reprodução/Instagram/@eduardocosta

Eduardo Costa diz ser ‘semi-gay’ e é massacrado nas redes sociais

Cantor sertanejo usou a expressão de forma preconceituosa e não foi perdoado

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Depois de ter dito que é “viciado em sexo”, Eduardo Costa causou uma nova polêmica nesta semana e afirmou ser um “semi-gay”. Sua declaração gerou repulsa na comunidade LGBTQIA+ e o cantor sertanejo foi massacrado nas redes sociais. Em entrevista ao canal Conceito Sertanejo, Eduardo Costa disse que alguns de seus hábitos e comportamentos se comparam aos de um homem gay.

“Eu sou um cara muito organizado, muito ajeitado, tudo muito arrumado. Eu sou um semi-gay, eu faço tudo que um viado faz, só não dou o cu. Você quer gente mais organizado que o viado? O viado, o gay, os homossexuais, eles estão entre os homens e as mulheres, eles caminham entre eles com muita facilidade”, começou ele.

Na sequência, o músico disse que um de seus melhores amigos é gay. “Inclusive, um dos meus melhores amigos é gay e ele é um dos caras mais fodas que eu conheço”, afirmou o artista.

É sempre importante ressaltar que ser homossexual nada mais é que sentir-se atraído sexual e afetivamente por uma pessoa do mesmo gênero. Ser gay, ou ser viado, não garante nenhuma característica comportamental. Isso é puro preconceito compelido aos homossexuais.

Nas redes sociais, internautas rechaçaram o comentário de Eduardo Costa.

Catraca Livre