Anvisa autoriza o uso emergencial de anticorpo monoclonal para tratar a Covid-19 – Porto Alegre 24 horas

Anvisa autoriza o uso emergencial de anticorpo monoclonal para tratar a Covid-19

Esse é o quarto medicamento aprovado pela agência reguladora
Foto: Divulgação

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou, nesta quarta-feira (11), o uso emergencial de mais um medicamento contra a Covid-19: o Regkirona (regdanvimabe), um anticorpo monoclonal.

No organismo, esse tipo de medicamento auxilia na reprodução de anticorpos que ajudam no combate a alguma doença específica. Contudo, o uso do remédio não previne a Covid-19.

Antes de concluir seu voto, Meiruze Freitas, diretora da Anvisa e relatora do processo sobre o uso emergencial do medicamento, fez um apelo a todos os brasileiros ressaltando a importância da vacinação.

”O ato de se vacinar é uma proteção individual e coletiva. Com a vacinação é que vamos combater a pandemia e reduzir os riscos de cepas que possam driblar as vacinas”, afirmou a relatora. Em seu parecer, Meiruze explicou que o medicamento não previne a doença, apenas ajuda no tratamento de pessoas já contaminadas que apresentam casos leves e moderados e que não necessitam de suplementação de oxigênio.

Esse é o quarto medicamento aprovado pela agência. Em março, a Anvisa anunciou o registro do antiviral remdesivir. Já em abril, o Regn-CoV2, coquetel que contém a combinação de casirivimabe e imdevimabe, foi aprovado para uso emergencial no País. Mais recentemente, em maio, a agência aprovou o uso emergencial da associação dos anticorpos banlanivimabe e etesevimabe.

Fonte: O Sul

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade