Uso de máscara em sala de aula volta a ser obrigatório – Porto Alegre 24 horas

Uso de máscara em sala de aula volta a ser obrigatório

A decisão dos municípios ocorre em meio a uma leve alta no Rio Grande do Sul. O número de pacientes com Covid-19 em leitos clínicos chegou a 398 nesta sexta-feira, mesmo número da última quarta.
Foto: Reprodução

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Com um novo aumento de casos de Covid no Estado, alguns municípios gaúchos estão se mobilizando para voltar a exigir o uso de máscaras nas escolas. A prefeitura de Canoas, na região Metropolitana, irá retomar a obrigatoriedade do uso de máscaras em escolas da rede pública e conveniadas como forma de prevenir novos casos da doença. A medida foi publicada em decreto no município na noite desta sexta-feira (20). Mesma medida foi adotada pela cidade de Guaíba.

O decreto de Canoas dispõe ainda de recomendação para que as instituições particulares de ensino da cidade sigam a mesma orientação. O alto índice de infecções por Covid-19 nos últimos dias no município motivou a revisão da decisão.

De acordo com o prefeito em exercício, Nedy de Vargas Marques, a retirada foi em período experimental, e que o último alerta do governo do Estado pesou para a necessidade da volta das máscaras. “Em consequência disso, pensando na preservação da saúde da comunidade escolar precisei determinar a retomada do uso das máscaras nas escolas do município e nas conveniadas”, frisou.

Já em Capão da Canoa, no Litoral Norte, a medida está valendo desde terça-feira (17) e seguirá pelos próximos dias, até que se avalie novamente o cenário epidemiológico.

A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) informou que “recomenda a proteção para crianças de seis a 12 anos em ambiente escolar” – o acessório está totalmente desobrigado no Estado desde abril.

Em Porto Alegre, onde o uso da máscara virou facultativo em março, o tema não está em discussão, informou a Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Alta de casos no RS

A decisão dos municípios ocorre em meio a uma leve alta no Rio Grande do Sul. O número de pacientes com Covid-19 em leitos clínicos chegou a 398 nesta sexta-feira, mesmo número da última quarta. Por sua vez, este é o maior índice desde o último dia 13 de março, quando havia 430 internações no RS.

Em 14 dias, o crescimento de internações nestes leitos é de 63,7%, já que em 6 de maio eram 243. Este aumento fez com que o governo do Estado emitisse avisos para as 21 regiões Covid nesta semana, após nove semanas. (O Sul)

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade