Foto: Artistaria Produtora

BBB 2021: Nego Di causa revolta ao relativizar estupro e violência doméstica

Nego Di está desagradando internautas por falas pesadas.

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Do RD1

Nego Di nem sequer pisou os pés no BBB 2021, mas já está colecionando polêmicas. Em mais outro dos muitos vídeos polêmicos, o comediante relativizou assuntos polêmicos como violência doméstica e estupro, em entrevista com Murilo Couto, causando revolta nas redes sociais.

Relembrando as acusações de pedofilia sofridas que PC Siqueira sofreu, Nego Di inicialmente mostrou indignação com a falta de consequências ao youtuber: “Não sei se você consegue enxergar nas entrelinhas, mas eu vejo o racismo aí. Ele é pedófilo, se assumiu, fez fiasco… Aí não deu nada. Voltou a viver do zero, como se nada tivesse acontecido“.

O participante do Big Brother Brasil viu isso como racismo e fez graça com a agressão de Naldo Benny à Ellen Cardoso (a Moranguinho): “Agora o Naldo só porque cagou a esposa à pau, sendo que briga de casado ninguém mete a colher. Só porque deu cinco, seis ou sete socos no rosto… Aí cancelaram o cara”

Se já não bastasse, ele também fez pouco caso de um caso de estupro a uma mulher acidentada no trânsito: “Tá preso, deu bosta… Foi racismo. Eu penso que não foi tão grave como o caso do PC Siqueira. Escrachado o racismo, na cara. Prenderam o cara por causa de punh#eta“.

No Twitter, vários ficaram indignados com a fala, como um que comentou o seguinte: “Gente, que nojo surreal que eu tô desse homem. Ele banalizou o racismo ali tantas vezes“. Outra pessoa completou: “Não só o racismo como o estupro“. Uma terceira seguidora continuou: “Quem tenta justificar crime pra mim já morreu por dentro“.

Veja: