Carnaval de Pelotas é cancelado pelo segundo ano consecutivo por conta da pandemia – Porto Alegre 24 horas

Carnaval de Pelotas é cancelado pelo segundo ano consecutivo por conta da pandemia

Na avaliação da chefe do Executivo municipal, mesmo com avanços na campanha de vacinação e na testagem da população, ainda não seria prudente retomar o evento.
Foto: Luciano Lanes/PMPA

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Pelo segundo ano consecutivo, em 2022 a cidade de Pelotas (Região Sul gaúcha) não terá Carnaval. A decisão é motivada pela pandemia de coronavírus e foi anunciada nesta quarta-feira (22) pela prefeita Paula Mascarenhas após discutir o assunto com representantes das entidades locais ligadas à festividade.

Na avaliação da chefe do Executivo municipal, mesmo com avanços na campanha de vacinação e na testagem da população, ainda não seria prudente retomar o evento:

“Vamos preservar vidas. É mais sensato dizer agora que não haverá Carnaval, da forma tradicional, do que anunciar, lá para a frente, pois a festa tem grandes investimentos e seria irresponsabilidade com a comunidade carnavalesca, além do prejuízo e frustração serem maiores”.

Paula explicou, ainda, que a possibilidade de novo cancelamento vinha sendo estudada há meses e que uma das alternativas dadas seria a realização de uma festividade controlada, com número reduzido de público e atendimento a protocolos de segurança.

“A prefeitura é parceira em realizar uma festa simbólica e com os devidos cuidados, para fazer o anúncio do Carnaval de 2023”, acrescentou.

Aval das entidades:
O presidente da Associação das Entidades Carnavalescas de Pelotas (Assecap), Erildo “Mestre Didio” Corrêa, destaca que a decisão do município foi tomada após reunião com a entidade, que vinha solicitando uma definição sobre o evento, pois faltariam cerca de 60 dias para o evento (3 a 6 de março).

“Entendemos que é preciso ter cautela pela pandemia”, concordou o dirigente. “A prefeitura definiu pelo cancelamento por não ter condições de garantir como estará a situação na época do Carnavel. A partir de agora trabalharemos para realizar uma comemoração mais controlada, em data próxima à marcada, seguindo todos os protocolos.” (O Sul)

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade