Artistas trocam experiências em encontro realizado no Litoral Norte do RS

Artistas trocam experiências em encontro realizado no Litoral Norte do RS

A iniciativa buscou aproximar artistas, gestoras/es, educadoras/es e produtoras/es culturais para trocar experiências e informações da realidade de cada município e assim fortalecer uma rede de ações coletivas.
Foto: Reprodução/Tem Que Ver

Compartilhe esta notícia

Aconteceu, neste último domingo (31), o encontro de articulação da cultura no litoral norte, no espaço Mi Casa Cultural, em Imbé. A iniciativa buscou aproximar artistas, gestoras/es, educadoras/es e produtoras/es culturais para trocar experiências e informações da realidade de cada município e assim fortalecer uma rede de ações coletivas.

O encontro deve acontecer mensalmente e pretende constituir um grupo permanente de articulação, difusão de informações e construção de projetos colaborativos que possam valorizar a diversidade cultural da região, mapear o segmento e estabelecer proposições para as políticas públicas destinadas ao setor nos municípios da região.

A seguir, você confere o que se passou neste importantíssimo e histórico momento, a partir da percepção de alguns participantes do encontro que vivem o dia a dia da Cultura do Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Hoje foi um pontapé inicial importantíssimo para a criação de um coletivo que é o espaço Mi Casa Cultural. Um espaço necessário para os artistas que estão abandonados pelas gestões públicas dos munícipios do Litoral Norte e que precisam voltar a se fortalecer. Por isso estou aqui para me colocar a disposição deste coletivo, que é um marco inicial que nós tanto precisamos e que se tornou muito necessário para este momento. – Adriana Sperandir- Diretora do Instituto Estadual de Música (IEM)

Um encontro que reuniu poderes e saberes incríveis para se encontrar novas formas de fazer diferente, se utilizando de experiências antigas, nada muito novo: as mulheres antes de serem queimadas já trabalhavam em comunas, comunidades e serviço comunal- eu trago o que eu sei e tu traz o que tu sabes e aí juntas e juntos fazemos uma força- que foi o que aconteceu hoje aqui (…) Artistas do Litoral Norte inteiro que responderam a este chamado e que vieram aqui. A partir deste grupo, vamos cruzar mais informações. Não estaremos mais seguindo apenas uma situação que nos é proposta. Nós agora temos uma proposta. – Juçara Gaspar- Atriz e articuladora da Rede Poder Mulher

Muito importante quando as pessoas da cultura, quando as gentes da nossa cultura se acham e se encontram e colocam olhos nos olhos para se conversar. Trocar uma ideia, uma energia na beira do fogo e construir cultura. É importante que se fortaleça e se potencialize. É interessante que os artistas do Litoral possam se achar e que existam esses meios e essas mãos que juntam e se unem para se fortalecer, pra gente finalmente poder colocar um pouco de cultura pra frente, para o ar e pra toda nossa gente. – Ivan Terra- Mestre das Culturas Populares.

É o início de uma Rede de artistas, produtores e gestores culturais da sociedade civil que irão se articular para lutar por políticas públicas para a Cultura nos municípios do litoral norte. Encontros sobre as leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc 2 além de muitos projetos, circulação e fruição da arte! Viva a Cultura! – Rozane Dalsasso – gestora cultural, professora e Conselheira de Cultura de Porto Alegre

Fonte Tem Que Ver

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade