Foto: Freepik

Ministério da Saúde diz que não existe ‘evidência de necessidade’ de vacina anual contra a Covid-19

Declaração da pasta é resposta para fala do secretário de Saúde de São Paulo, que afirmou que um novo ciclo de vacinação no Estado começará em janeiro

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

O Ministério da Saúde afirmou que não existe “evidência científica” para justificar a necessidade de uma campanha anual de vacinação contra a Covid-19. A informação foi divulgada em nota enviada pela pasta nesta segunda-feira, 19. A fala do ministério veio após a declaração do Secretário de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, que disse que a imunização contra a doença será anual e que a nova fase começará em janeiro.

“O Ministério da Saúde informa que, até o momento, não há evidência científica que confirme a necessidade de doses adicionais das vacinas Covid-19. A recomendação é que estados e municípios sigam o que é definido pela Câmara Técnica Assessora em Imunização e Doenças Transmissíveis, que é pactuada entre União e gestores estaduais e municipais, e pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO)”, diz o comunicado.