Porto Alegre reforça medidas de controle após confirmação de variante Delta no RS – Porto Alegre 24 horas

Porto Alegre reforça medidas de controle após confirmação de variante Delta no RS

Secretaria Municipal de Saúde estuda ampliar a oferta de testagem nas próximas semanas
Foto: Cristine Rochol | PMPA

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Após a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) confirmar nesta segunda-feira, 19, os dois primeiros casos da variante Delta em moradores de Gramado, na Serra Gaúcha, a Secretaria Municipal de Saúde informa que está reforçando as medidas de controle para evitar que a cepa indiana chegue a Porto Alegre. Até o momento, nenhum caso da variante foi registrado na Capital.

Entre as ações realizadas para impedir a circulação da nova cepa, está a retomada da oferta de testagem para Covid-19 aos passageiros que chegam à Capital pelo aeroporto. O serviço, que entrou novamente em operação nesta segunda-feira, 19, é oferecido a pessoas residentes em Porto Alegre ou que permanecem na cidade por pelo menos quatro dias.

O novo protocolo foi criado com o objetivo de dar continuidade às medidas de controle sanitário no Aeroporto Internacional Salgado Filho, já que, na primeira ação, foram identificados passageiros que desembarcaram em Porto Alegre portando o vírus. A operação, que ocorreu entre os dias 14 e 27 de junho, realizou 6.203 testes em passageiros de diferentes origens. Destes, 55 tiveram diagnóstico positivo para Covid-19. O estudo de análise genômica revelou que nenhum se tratava da variante Delta.

Entre 25 de junho e 9 de julho, também foram realizadas ações de controle sanitário na estação Mercado da Trensurb. Cento e trinta e oito passageiros foram submetidos a testes rápidos de antígeno para Covid-19. Do total, nove resultados foram positivos, dos quais dois de Porto Alegre e os demais de pacientes residentes em municípios da Região Metropolitana.

No intuito de acelerar a aplicação do esquema vacinal completo na população e garantir uma melhor resposta imune à variante Delta, a Secretaria Municipal de Saúde passou a adotar, em 13 de julho, novo intervalo entre as doses de Oxford/AstraZeneca, antecipando a aplicação da segunda dose de 12 para dez semanas.

De forma complementar, cinco unidades de saúde passaram a disponibilizar, desde 7 de julho, testes rápidos antígeno para detecção da Covid-19 a pacientes com sintomas gripais. O objetivo é facilitar o acesso ao teste e isolar os casos positivos, diminuindo, assim, a circulação do vírus.

A Secretaria Municipal de Saúde estuda ampliar a oferta de testagem para dez unidades nas próximas semanas. (PMPA)

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade