Quem são os dois bombeiros desaparecidos no incêndio na SSP em Porto Alegre – Porto Alegre 24 horas

Quem são os dois bombeiros desaparecidos no incêndio na SSP em Porto Alegre

Incêndio destruiu o prédio da Secretaria de Segurança Pública do RS.
Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Voz da Vizinhança

O incêndio de grandes proporções consumiu o prédio da Secretaria de Segurança Pública do RS na noite passada e nesta madrugada. Parte da construção desabou. No momento do acidente, havia cerca de 40 servidores trabalhavam no local. Entretanto, devido às escadas protegidas, conseguiram sair do prédio.

Até às 11h desta manhã, dois bombeiros ainda seguiam desaparecidos: o tenente Almeida (oficial de serviço) e o sargento Munhoz, era da reserva e foi, voluntariamente, prestar apoio aos colegas.

O governador Eduardo Leite falou sobre as dificuldades do prédio antigo, que ainda estava sendo adequado às normas de segurança e combate à incêndio. Reforçou que a principal urgência é encontrar os dois servidores. “Estamos acompanhando o trabalho que foi feito pelas nossas equipes, mas a prioridade absoluta é buscar os dois bombeiros que desapareceram no combate às chamas. Ainda esperamos, torcemos, para que sejam encontrados com vida.”

Comandante dos bombeiros, o coronel César Eduardo Bonfanti, afirma que as características do prédio antigo prejudicaram os trabalhos. Hoje, relata, não há dificuldades de equipamentos de proteção individual ou de mangueiras. “Mas faltam viaturas para combate de incêndio em prédios altos. Já temos uma licitação em andamento para, até o final do ano, termos um novo veículo que vá atender à essa demanda”, justifica.

O coronel disse, ainda, que, apesar de notícias nas redes sociais de que os corpos teriam sido encontrados, as buscas continuam.

Os serviços de atendimento telefônico para emergências ficaram fora do ar ontem à noite. O número 190 foi restabelecido em seguida. Caso haja sobrecarga do sistema, seguem contatos:

Pelotões de Bombeiro de Porto Alegre:

  • Sede 1º BBM – (51) 3288-3184
  • Teresópolis – (51) 3266-3062
  • Assunção – (51) 3265-1577
  • Restinga – (51) 3250-1749
  • Belém Novo – (51) 3259-1238
  • Floresta – (51) 3395-5239
  • Passo D’Areia – (51) 3340-9612

Batalhões de Polícia Militar:

  • 1º BPM
    Rua Dezessete de Junho, 387 – Menino Deus
    Fone: 3288 3280
  • 9º BPM
    Avenida Praia de Belas, 800 – Praia de Belas
    Fone: 3288 3200
  • 11º BPM
    Sapê, 58
    Fone: 3334 1843 ou 3373 2650
  • 19º BPM
    Rua Coronel Aparício Borges, 3263 – Partenon
    Fone: 3288 4273
  • 20º BPM
    Av. Baltazar de Oliveira Garcia, 2132
    Fone: 3364 8471
  • 21º BPM
    Rua Governador Peracchi Barcellos – Restinga
    Fone: 3245 7350

Segundo o secretário de Segurança do RS e vice-governador, Ranolfo Vieira Júnior, nada leva a crer que tenha sido um incêndio criminoso. “No entanto, nada será descartado. Inquérito foi instaurado durante a madrugada sob os serviços da 17ª DP.”

Segundo o governador Eduardo Leite, quatro servidoras que estavam no prédio no momento do sinistro serão ouvidas ainda nesta quinta-feira. “Para tentar esclarecer o que teria provocado o início das chamas. Elas atuam na Susepe, e teriam testemunhado o início do incêndio.”

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade