Campanha de multivacinação para crianças e adolescentes começa segunda (8) em Porto Alegre

Campanha de multivacinação para crianças e adolescentes começa segunda (8) em Porto Alegre

O Dia D de vacinação será 20 de agosto e a campanha termina em 09 de setembro
Foto: Cristine Rochol | PMPA

Compartilhe esta notícia

Do Sul21

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Porto Alegre divulgou nesta sexta-feira (05) o início da campanha de multivacinação para crianças e adolescentes de até 15 anos incompletos. A campanha terá início na segunda-feira (08) e objetiva atualizar a caderneta de vacinação do público não vacinado ou com esquema incompleto de doses do calendário oficial brasileiro por faixa etária. Além disso, também inicia a campanha contra poliomielite, com vacinas para crianças entre um ano e cinco anos incompletos. O Dia D de mobilização nacional está programado para 20 de agosto e a campanha segue até 09 de setembro.

Confira nossos perfis no Instagram, TwitterFacebook e tenha acesso a todas nossas notícias.

Segundo a SMS, não há meta a ser atingida na campanha de multivacinação porque esta etapa existe somente para completar esquemas de doses. Para a gotinha extra da vacina contra a poliomielite, a estimativa é que 66 mil crianças precisam da dose, com a meta de atingir 95% do público-alvo. A Secretaria ainda expõe o risco do vírus da poliomielite voltar a circular no Brasil, considerando a baixa cobertura vacinal e a ocorrência de casos mundiais.

O acesso às vacinas acontece através do Programa Nacional de Imunizações, do Ministério da Saúde, que deve ofertar ao maior número possível de pessoas possível para melhorar as coberturas vacinais no país, reduzindo a incidência das doenças imunopreveníveis, mantendo controladas, eliminadas ou erradicadas as doenças imunopreveníveis. Outro objetivo é melhorar a cobertura vacinal contra sarampo e febre amarela em áreas com risco de transmissão da doença.

As vacinas podem ser feitas de forma concomitante, incluindo a imunização contra Covid-19. A recomendação é de que a situação vacinal das crianças e adolescentes seja verificada pelos pais ou responsáveis em uma unidade de saúde. Toda a rede municipal participará da campanha de vacinação.

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade