Fraudes em pontos médicos desencadeia Operação Hipócrates em Porto Alegre
Foto: Silvane Alves – @silvane314

Fraudes em pontos médicos desencadeia Operação Hipócrates em Porto Alegre

Médicos do Hospital Nossa Senhora da Conceição são investigados por registro fraudulento do ponto

Compartilhe esta notícia

Nessa manhã de terça-feira ( 28 ), por volta das 6h30, Polícia Federal deflagrou a Operação Hipócrates, a qual apura os possíveis crimes de peculato, falsidade ideológica ou estelionato contra o Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), praticados por médicos que registram o ponto com a finalidade de iludirem os controles quanto à sua presença no local de trabalho.

Segundo informações da Polícia Federal, a execução da Operação Hipócrates mobilizou 42 policiais federais para o cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão em hospitais, clínicas e consultórios em Porto Alegre.

De acordo com apurações feitas pelo repórter Fábio Rodrigues, as investigações iniciaram após denúncia anônima de que dez médicos concursados do Hospital Nossa Senhora da Conceição, com salários que variam entre 14 e 31 mil reais, registraram o início da jornada de trabalho e sairiam do hospital para outras atividades, principalmente, o atendimento em clínicas particulares e outros hospitais, e retornariam ao final do expediente para fecharem o ponto, dando a entender que lá haviam permanecido durante todo o período.

Ainda conforme apurado, durante seis meses, a Polícia Federal realizou diligências que confirmaram a prática pelos suspeitos, que são alvos das medidas executadas na manhã de hoje. A fraude, além de trazer prejuízos financeiros significativos ao HNSC, que não recebe a prestação do serviço contratado, também vitimiza os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), que conta com menos médicos efetivamente trabalhando do que aqueles constantes em seus registros e folha de pagamento.

Significado do nome da Operação:

“O Juramento de Hipócrates” é tradicionalmente realizado pelos médicos no momento da formatura.

Em nota oficial o Grupo Hospitalar Conceição comenta a operação:

“NOTA DE ESCLARECIMENTO

Na manhã desta terça-feira, 28/11, o Grupo Hospitalar Conceição tomou conhecimento
da operação Hipócrates quando policiais chegaram ao Centro Administrativo para realizar
busca e apreensão de dados relacionados à atividade funcional de médicos investigados
por fraude no ponto eletrônico. O GHC abriu, nesta manhã, sindicância interna
investigativa para apurar administrativamente as denúncias e tomar as medidas cabíveis.
A instituição está colaborando com as investigações da Polícia Federal e fornecendo
todas as informações necessárias para o andamento das apurações. O Grupo reafirma
que não compactua e não compactuará com fraudes e irregularidades que prejudiquem o
bom andamento do hospital e da assistência aos usuários do SUS.
Aqueles profissionais que tiverem comprovadas as irregularidades no exercício de suas
atividades serão demitidos de seus cargos no GHC.
Assessoria de Comunicação do Grupo Hospitalar Conceição
Porto Alegre, 28 de novembro de 2023.”

Com informações Fábio Rodrigues

Cobertura do Porto Alegre 24 Horas

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Porto Alegre 24 Horas nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Tem também o nosso grupão do Telegram.

Siga o Porto Alegre 24 Horas no GOOGLE News!