RS: Quadrilha pinta caminhonete de amarelo para furtar encomendas e causa prejuízo milionário nos Correios
Foto: Divulgação/PF

RS: Quadrilha pinta caminhonete de amarelo para furtar encomendas e causa prejuízo milionário nos Correios

18 indiciados, incluindo motoristas terceirizados, respondem por furto, receptação, organização criminosa e outros crimes.

Compartilhe esta notícia

Uma investigação da Polícia Federal (PF) no Rio Grande do Sul resultou na desarticulação de uma quadrilha especializada em desviar encomendas dos Correios. A operação revelou que os criminosos utilizavam uma caminhonete pintada de amarelo para se disfarçarem como funcionários da empresa e furtar produtos valiosos.

A fraude, que durou um período não especificado, causou um prejuízo de mais de R$ 1 milhão aos Correios. Entre os produtos desviados, estavam aparelhos eletrônicos como computadores, celulares e notebooks, além de itens como charutos cubanos.

Até o momento, nove pessoas foram presas e 18 foram indiciadas por diversos crimes, incluindo furto qualificado, receptação qualificada, organização criminosa, lavagem de dinheiro, tráfico internacional de drogas e uso clandestino de rádio transceptor.

Em nota, os Correios informaram que acionaram os órgãos de segurança pública após a identificação de atividades suspeitas por parte de empresas terceirizadas. A empresa também destacou que está acompanhando o caso e que tomará medidas administrativas cabíveis.

Para acompanhar o status das entregas, os Correios orientam os clientes a utilizarem o sistema de rastreamento disponível no site ou no aplicativo da empresa. Em caso de roubo ou extravio de encomendas, é necessário registrar uma reclamação nos canais de atendimento da empresa para solicitar apuração e possível indenização.

A PF ressalta que o prejuízo causado pela quadrilha não se limita aos Correios, mas se estende a toda a população, que paga por um serviço que não é entregue de forma adequada.

Cobertura do Porto Alegre 24 Horas

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Porto Alegre 24 Horas nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Tem também o nosso grupão do Telegram e no Whatsapp.

Siga o Porto Alegre 24 Horas no GOOGLE News!