Banda Marcial do Colégio "Julinho" se torna Patrimônio Histórico e Cultural de Porto Alegre
Search
Foto: Imagem Ilustrativa / Rede Social / Divulgação CMPA

Banda Marcial do Colégio “Julinho” se torna Patrimônio Histórico e Cultural de Porto Alegre

Projeto de Lei aprovado pela Câmara Municipal destaca História e Legado da Banda do Colégio Estadual Júlio de Castilhos.

Compartilhe esta notícia

A Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou nesta segunda-feira (8) um projeto de lei que oficializa a Banda Marcial Juliana, do Colégio Estadual Júlio de Castilhos, como patrimônio histórico e cultural da cidade. Proposta pelo vereador suplente Marcelo Sgarbossa, a medida visa preservar o legado de uma das mais emblemáticas bandas escolares do estado do Rio Grande do Sul.

Fundada em 1960 sob a direção do professor Werner Kiel e com o apoio inicial do professor de Educação Física Rubens Souza Lima, conhecido como “Bruxo”, a Banda Marcial Juliana cresceu para se tornar uma das maiores e mais respeitadas do estado, com um pico de 120 instrumentistas em 1962. Sob a regência do maestro Vainer Ramos entre 2009 e 2016, a banda acumulou oito títulos máximos em associações estaduais e nacionais, incluindo troféus de prestígio como Banda Ouro e conquistas no cenário sul-brasileiro.

Hoje, a banda continua ativa com aproximadamente 80 membros, realizando apresentações em diversos formatos que vão desde marchas em eventos cívicos até concertos de música erudita. A escola mantém o compromisso de formar não apenas músicos habilidosos, mas também jovens com valores de camaradagem e disciplina, essenciais para a comunidade local.

Com a informação CMPA.

Cobertura do Porto Alegre 24 Horas

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Porto Alegre 24 Horas nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Tem também o nosso grupão do Telegram e no Whatsapp.

Siga o Porto Alegre 24 Horas no GOOGLE News!