Operação D2D: PC desmantela grupo que com lucros do tráfico comprava e vendia imóveis na Serra Gaúcha e no Litoral
Search
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Operação D2D: PC desmantela grupo que com lucros do tráfico comprava e vendia imóveis na Serra Gaúcha e no Litoral

Ação em Caxias do Sul resulta em prisões, apreensão de drogas e bloqueio de bens.

Compartilhe esta notícia

Operação D2D é deflagrada pela Polícia Civil com o objetivo de combater a lavagem de dinheiro oriunda do tráfico de drogas. Investigada pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), a ação levou à prisão de duas pessoas e à apreensão de drogas. Após dois anos de investigações, a operação conseguiu desmantelar a estrutura financeira de um grupo criminoso que distribuía cocaína e crack em Caxias do Sul e Ipê.

A operação teve como foco descapitalizar o grupo criminoso que agia discretamente há anos, servindo uma clientela selecionada. Foram cumpridos sete mandados de busca, abrangendo Porto Alegre, Alvorada e vários bairros de Caxias do Sul. Quatro imóveis foram apreendidos, juntamente com quatro veículos, e 62 contas bancárias foram bloqueadas, resultando em um prejuízo estimado de 4 milhões de reais ao grupo.

Durante a investigação, três membros do grupo foram presos e quatro quilos de drogas foram apreendidos, incluindo cocaína, crack e maconha. Documentos importantes para a investigação também foram confiscados. Oito pessoas foram investigadas, sendo que cinco pertencem à mesma família. O grupo usava os lucros do tráfico para comprar e vender imóveis na serra gaúcha e no litoral, tentando enganar os órgãos fiscalizadores.

A operação contou com a participação de 40 policiais civis, com apoio das delegacias da 8ª Região Policial e do Departamento Estadual de Investigações Criminais.

Com a informação Polícia Civil.

Cobertura do Porto Alegre 24 Horas

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Porto Alegre 24 Horas nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram e no YouTube. Tem também o nosso grupão do Telegram e no Whatsapp.

Siga o Porto Alegre 24 Horas no GOOGLE News!