Foto: Divulgação | DetranRS

Carteira de motorista fica mais cara no Rio Grande do Sul

Reajuste já está valendo a partir desta semana.

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

O custo para obter ou renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ficou mais caro no Rio Grande do Sul, já a partir desta semana. De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), o motivo é o reajuste anual das tarifas, automaticamente atrelado à Unidade de Padrão Fiscal (UPF) e que implicou uma alta geral de 4,23% nos valores.

Para os candidatos a motorista de motocicletas, automóveis, caminhões e outras modalidades de veículos automotores, a primeira habilitação ficou com os seguintes preços, conforme as respectivas categorias:

– A (moto): R$ 2.111 (subiu R$ 85);
– B (carro): R$ 2.458 (aumentou R$ 99);
– AB (moto e carro): R$ 3.906 (encareceu R$ 158);
– C, D ou E (cargas e passageiros): R$ 2.485 (subiu R$ 100).

Já para a segunda CNH, as taxas são de R$ 105 (renovação), R$ 60 (expedição do documento de habilitação), R$ 76 (exame de aptidão física e mental) e R$ 76 (avaliação psicológica, quando necessária). Cabe ressaltar que esses valores aparecem aqui de forma arredondada, sem os centavos, para facilitar a leitura e entendimento.