Foto: Reprodução

Com 13º salário definido, INSS ganha novo calendário de pagamentos; confira quando você recebe

Aposentados e pensionistas já podem contar com o dinheiro

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

O tão esperado adiantamento do 13º salário de aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) foi confirmado. Isso ocorreu devido à aprovação do Orçamento da União para 2021 e deve começar a ser pago em maio, com a 1ª parcela, e em junho, com o restante.

Dessa forma, o pagamento de abril, que começou nesta segunda-feira (26) não terá a gratificação de fim de ano. Isso porque a aprovação do Orçamento ocorreu após o fechamento da folha e só será possível realizá-lo em maio.

Entretanto, há expectativa de que o Governo Federal edite um calendário extra, somente para o pagamento das parcelas, já que a intenção da equipe econômica era ter liberado o 13º em março.

A pressa em liberar o pagamento se dá pois a nova rodada de antecipação tem a estimativa de movimentar a economia em R$ 50 bilhões, valor esse que é superior a todo o programa do auxílio emergencial de 2021 que tem um teto máximo de R$ 44 bilhões.

Caso o governo não opte pela criação de um novo calendário, a liberação do 13º salário deve ocorrer com o pagamento mensal dos benefícios, da seguinte forma:

Benefícios com valor de até um salário mínimo

Final Maio — 1ª parcela do 13º Junho — 2ª parcela do 13º
1 25 de maio 24 de junho
2 26 de maio 25 de junho
3 27 de maio 28 de junho
4 28 de maio 29 de junho
5 31 de maio 30 de junho
6 1 de junho 1 de julho
7 2 de junho 2 de julho
8 4 de junho 5 de julho
9 7 de junho 6 de julho
0 8 de junho 7 de julho

Benefícios com valor acima de um salário mínimo

Final Maio —1ª parcela do 13º Junho — 2ª parcela do 13º
1 e 6 1 de junho 1 de julho
2 e 7 2 de junho 2 de julho
3 e 8 4 de junho 5 de julho
4 e 9 7 de junho 6 de julho
5 e 0 8 de junho 7 de julho