auxílio
Foto: Rafael Henrique/Getty Images

Segunda parcela do auxílio emergencial é depositada para 2,3 milhões de brasileiros

O repasse para esse grupo chegará a R$ 488,2 milhões, de acordo com o Ministério da Cidadania

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

A Caixa Econômica Federal deposita nesta quinta-feira (20) o pagamento da segunda parcela do novo auxílio emergencial para 2,35 milhões de pessoas nascidas em abril. O repasse para esse grupo chegará a R$ 488,2 milhões, de acordo com o Ministério da Cidadania.

O pagamento é feito por meio de depósito na conta poupança digital, que pode ser movimentada por aplicativo, para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas em mais de um milhão de estabelecimentos comerciais.

Também há a opção de girar a grana usando o PIX, sistema de pagamentos instantâneo do Banco Central. A única exceção às transações se dá para os casos de transferência para conta de mesma titularidade. O saque em dinheiro e as transferências para esse grupo serão liberados somente em 4 de junho.

Conforme o governo federal, os beneficiários que tiveram o auxílio cancelado, em função de revisões mensais ou outros motivos, terão dez dias para apresentarem as contestações. O prazo começou a contar na terça-feira (18) e vai até 28 de maio. Esse cronograma não vale para o público do Bolsa Família, cujo prazo vai até o dia 1º de junho.

O calendário do público geral (aplicativos e meios digitais e inscritos no CadÚnico) é dividido em quatro ciclos, de créditos e de saques. (O Sul)