dinheiro
Foto: reprodução

Veja quem será beneficiado com lucro do FGTS

Mensalmente, os empregadores devem depositar um valor de 8% do salário bruto dos trabalhadores em uma conta vinculada ao contrato de trabalho

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Os trabalhadores que tinham até 31 de dezembro de 2020 saldo disponível no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) poderão receber uma quantia extra este ano. Isso porque, a partir de agosto a Caixa Econômica Federal irá distribuir o lucro dos rendimentos do Fundo.

Mensalmente, os empregadores devem depositar um valor de 8% do salário bruto dos trabalhadores em uma conta vinculada ao contrato de trabalho. Por meio disso, os saldos depositados ficam rendendo no FGTS.

As contas podem ser definidas em duas categorias diferentes, contas ativas que se referem ao emprego atual e contas inativas, nomeadas assim quando o contrato de trabalho é finalizado.

Todavia, os valores nelas adicionados não ficam estagnados. Acontece que quando o cidadão não realiza o saque das suas cotas, o Governo pode utilizá-las para outros fins, como para custear obras de infraestrutura, saneamento básico e habitação.

Desta forma, para que esses recursos sejam utilizados, a Caixa aplica uma taxa de juros que fica rendendo na conta do trabalhador, o que gera o lucro do FGTS. Logo, após o lucro ser obtido, os cidadãos que tinham contas ativas no período de rentabilidade terão direito a parte dessa quantia.

Lucro do FGTS acumulado

O FGTS acumulou um lucro de R$ 8,5 bilhões em 2020. Desse montante, R$ 5,9 bilhões serão destinados a mais de 83 milhões de trabalhadores que são vinculados ao Fundo de Garantia

Embora o valor do rendimento seja alto, no ano passado o FGTS distribuiu aos trabalhadores R$ 7,5 bilhões. Isso porque, o lucro garantido em 2019 foi maior que o contabilizado em 2020, reduzido a cerca de 25%.

No entanto, as quantias tiveram uma rentabilidade superior ao IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), responsável por estabelecer o nível da inflação no pais, que acumulou um total de 4,52%.

Repasses do lucro

Considerando a grande expectativa para o recebimento do lucro, vale ressaltar que o valor repassado será relativamente baixo, uma vez que os R$ 5,9 bilhões será divido para 83 milhões de trabalhadores vinculados ao FGTS.

A previsão é que a Caixa Econômica comece a distribuir o lucro a partir do mês de agosto, assim como ocorreu nos anos anteriores. O rendimento é creditado tanto nas contas ativas quanto nas inativas.

Contudo, vale lembrar que só receberão a quantia os cidadãos que tinham saldo disponível em suas contas do fundo até o dia 31 de dezembro de 2020. Entretanto, só poderá ser sacado mediante as situações autorizadas pelo FGTS, como saque-rescisão, saque-aniversário, doença grave, aposentadoria, entre outros.

Noticias Concursos