Governo do Rio Grande do Sul retira limite de ocupação para aulas presenciais – Porto Alegre 24 horas
Foto: Reprodução

Governo do Rio Grande do Sul retira limite de ocupação para aulas presenciais

Novo decreto estadual exige apenas distanciamento de 1,5 metros entre as cadeiras dentro da sala

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

O governo do Rio Grande do Sul publicou, nesta segunda-feira (15), um novo decreto que retira o limite de 50% de ocupação nas salas de aula para a realização de atividades presenciais em creches, escolas e universidades.

Agora, as instituições de ensino podem operar sem restrição quanto ao número de ocupantes. A decisão vale para todas as regiões, independente da classificação no mapa de Distanciamento Controlado.

A única exigência para a realização das aulas presenciais é o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as cadeiras dentro das salas. Na rede estadual, o retorno para as aulas está previsto para iniciar a partir de 8 de março, em modelo híbrido com atividades presenciais e remota.

O decreto foi publicado no mesmo dia em que o Rio Grande do Sul manteve 16 regiões com risco alto para a Covid-19 no mapa do Distanciamento Controlado. Entre as justificativas, o gabinete de crise do Estado alertou para o reforço nos protocolos de prevenção à Covid-19 em meio ao Carnaval, em face ao rápido aumento na ocupação de leitos clínicos nesta semana, de 902 para 1.112. Esta demanda poderá vir a sobrecarregar os leitos de UTI nos próximos dias. (O Sul)

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade