Quatro escolas suspendem aulas presenciais em Porto Alegre após casos de covid-19 – Porto Alegre 24 horas
Divulgação

Quatro escolas suspendem aulas presenciais em Porto Alegre após casos de covid-19

Com o retorno das aulas presenciais, a Prefeitura adotou uma política de testagem dos profissionais de educação

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Do Sul 21

Quatro escolas municipais de Porto Alegre suspenderam as aulas presenciais nesta semana após um ou mais professores testarem positivo para covid-19. A Secretaria Municipal de Educação (Smed) confirma até o momento apenas os fechamentos das escolas municipais de ensino fundamental (EMEFs) Anísio Teixeira e Gilberto Jorge. Mas a reportagem do Sul 21 confirmou que as escolas Salomão Watnick e Wenceslau Fontoura também estão com as aulas suspensas. Uma quinta EMEF, a Monte Cristo, está com ao menos quatro casos confirmados de covid-19 e aguarda retorno da Secretaria Municipal de Saúde para saber se deve prosseguir com o ensino presencial ou não.

A Smed divulgou nota na terça-feira (25) informando que, desde o 3 de maio, quando as aulas retornaram no municípios no Ensino Infantil e nos 1º e 2º ano do Ensino Fundamental, haviam sido confirmados 21 resultados positivos entre professores da rede municipal, 72 casos foram descartados e 53 ainda estavam sob investigação, num universo de mais de 2 mil professores. No entanto, de acordo com levantamento feito pela Associação dos Trabalhadores/as em Educação do Município de Porto Alegre (Atempa), 57 servidores da educação municipal já testaram positivo para o coronavírus desde o retorno das aulas e outros 91 casos estão sob suspeita.

Com o retorno das aulas presenciais, a Prefeitura adotou uma política de testagem dos profissionais de educação, testando escalonadamente servidores das 98 escolas municipais, além de trabalhadores das 209 instituições comunitárias. O levantamento da Atempa contabiliza o resultado destes mesmos testes.

Diretora da EMEF Anísio Teixeira, Rosele de Souza conta que a escola só retornou às aulas presenciais no dia 10, pois estava com obras do Departamento Municipal de Água e Esgoto (DMAE) na semana anterior. Desde então, três pessoas testaram positivo para a covid-19 na escola, ela própria, a supervisora e uma professora.

Reportagem completa AQUI

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade