Foto: Reprodução | Instagram

Gaúcho Fabrício Werdum é derrotado por Alexey Oleynik no UFC 249

Após dois anos afastado do MMA, brasileiro é batido por russo e amarga a segunda derrota consecutiva na organização

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

O retorno de Fabrício Werdum ao octógono, após dois anos afastado do MMA, acabou não sendo o compromisso dos sonhos para o brasileiro. O ex-campeão dos pesados (até 120,2kg.) acabou sendo derrotado por Alexey Oleynik na penúltima luta do card preliminar do UFC 249, que aconteceu neste sábado (9), em Jacksonville (EUA). O revés marcou a segunda derrota consecutiva do gaúcho em seu cartel.

Fabrício subiu ao octógono com a ânsia de vencer para retornar ao ranking oficial da categoria. O atleta, no entanto, acabou sentindo com a falta de ritmo e levando desvantagem na luta em pé. Após um primeiro round abaixo do esperado, o brasileiro acabou melhorando no decorrer do confronto, mas acabou sendo declarado derrotado na decisão dividida dos juízes.

Com o triunfo sobre o gaúcho, Oleynik chegou à impressionante marca de 59 vitórias como profissional do MMA. Ao todo, o lutador tem 72 lutas em seu cartel.

A luta

O combate começou com os atletas se estudando no centro do octógono. O russo tomou a iniciativa com um cruzado de direita, que foi rapidamente respondido pelo brasileiro. Alexey seguia mais agressivo e conectava bons golpes que explodiam no rosto do gaúcho. Fabrício tentava se defender como podia, mas parecia sentir os ataques do oponente. Passados dois minutos de luta, o brasileiro seguia em desvantagem, enquanto Oleynik permanecia castigando o ex-campeão. No minuto final, Werdum arriscou um chute ago, mas o golpe parou na guarda do oponente. O gaúcho tentou aplicar uma queda, mas Alexey seguia atento nas investidas.

Logo no início do segundo round, Oleynik surpreendeu o brasileiro com um soco giratório. Fabrício, então, passou a tentar uma guilhotina de pé e o russo tentava se defender. Alexey conseguiu se afastar do gaúcho e continuou desferindo golpes enquanto Werdum caminhava para trás. Na metade do assalto, Fabrício conectou um ótimo chute alto que explodiu na cabeça do adversário. Em seguida, o brasileiro conseguiu levar o combate para o chão. A situação, agora, era dominada pelo gaúcho, que buscava a finalização. O gaúcho não conseguiu a finalizar e o confronto voltou a ser disputado de pé. Novamente em vantagem, Oleynik permanecia oferecendo perigo com seus ataques e Werdum se defendia como podia.

No último assalto, Fabrício usou a estratégia de atuar em sua zona de conforto. Nos segundos iniciais, o brasileiro buscou as pernas do russo e conseguiu uma queda. O gaúcho logo chegou às costas e tentava encontrar uma finalização. Novamente, Oleynik conseguiu fugir da posição e acabou ficando em vantagem, por cima. Passados quase três minutos, o ex-campeão seguia tentando uma finalização, mas Alexey mostrava muita raça para resistir. O combate voltou a ser disputado de pé e, novamente, o russo seguia com maior volume de golpes. Nos segundos finais, o gaúcho voltou a conseguir uma queda e ameaçou uma guilhotina, mas não havia mais tempo. (iG)