Jogador é preso em flagrante após chutar a cabeça do árbitro em Venâncio Aires – Porto Alegre 24 horas

Jogador é preso em flagrante após chutar a cabeça do árbitro em Venâncio Aires

Willian Ribeiro, do São Paulo de Rio Grande, será indiciado pela Polícia por tentativa de homicídio contra o juiz Rodrigo Crivellaro
Foto: Divulgação/Brigada Militar

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Uma cena violenta e lamentável marcou a partida entre o Guarani-VA e São Paulo-RG pela Série A2 do Gauchão. Os dois times oponentes se enfrentavam pela 12ª rodada da primeira fase quando o jogador William Ribeiro, do time de Rio Grande, agrediu o árbitro Rodrigo Crivellaro Dias.

A partida estava sendo vencida por 1 a 0 pelos donos da casa. Segundo relatos de pessoas que estavam no Estádio Edmundo Feix, em Venâncio Aires, o camisa 10 do São Paulo ficou contrariado por ter levado cartão amarelo. Em seguida, ele dá um encontrão no juiz e chuta o árbitro deitado no chão.

O Guarani vencia o jogo por 1 a 0 no Estádio Edmundo Feix, em Venâncio Aires, pela 12ª rodada da divisão de acesso do Gauchão. Contrariado por receber um cartão amarelo, o camisa 10 do São Paulo, William Ribeiro, derrubou o árbitro e, sem seguida, acertou um chute em sua nuca.

Rodrigo Crivellaro Dias ficou desacordado. Imediatamente, os jogadores dos dois times pediram atendimento médico no gramado. O árbitro foi reanimado e levado para o Hospital São Sebastião Mártir, de Venâncio Aires. Uma viatura da Brigada Militar entrou no gramado 20 minutos após a agressão e conduziu o agressor a uma delegacia que foi preso em flagrante. Willian Ribeiro, será indiciado pela Polícia por tentativa de homicídio contra o juiz Rodrigo Crivellaro.

William Ribeiro passou a noite no presídio de Venâncio Aires e responderá por tentativa de homicídio. Pelas redes sociais, o São Paulo de Rio Grande lamentou a situação gerada pelo seu atleta “A partida está suspensa. Nenhum campeonato vale uma vida. Reitero nosso desejo de melhoras ao arbitro Rodrigo Crivellaro. NADA, gurizada, NADA justifica uma agressão. Veremos o que vai acontecer a seguir, se a partida será encerrada ou remarcada”.

Já o presidente da Federação Gaúcha, Luciano Hocsman, manifestou-se nas redes sociais, disse que conversou com o árbitro e lamentou a agressão. “Falei com o árbitro Rodrigo Crivellaro, covardemente agredido por um jogador do São Paulo, na partida contra o Guarani. Ele está sendo medicado no Hospital e, felizmente, se recuperando. A FGF está prestando todo o atendimento necessário e caberá ao TJD avaliar o episódio”.

Fonte: Portal Futebol Nacional

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade