Grêmio e lateral Rafinha são denunciados ao STJD após confusão em partida – Porto Alegre 24 horas

Grêmio e lateral Rafinha são denunciados ao STJD após confusão em partida

Partida do último domingo contra o Palmeiras, válida pela 29ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, foi marcada por confusão e violência
Foto: Divulgação/Grêmio

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

A procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) denunciou nesta segunda-feira (01) o Grêmio por infrações cometidas por sua torcida após a partida contra o Palmeiras. Citado no pedido da procuradoria, o lateral Rafinha foi denunciado por ofensa. Ele responderá por ofensas contra a arbitragem no intervalo da partida.

No último domingo, a partida entre Grêmio e Palmeiras, válida pela 29ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, foi marcada por confusão e violência. Após o apito final um grupo de torcedores invadiu o campo, depredou a cabine do VAR e outros equipamentos de transmissão.

Há também relatos de agressões a profissionais de imprensa e fotógrafos. Imagens da transmissão mostraram ainda briga entre torcedores na arquibancada e o arremesso de objetos no campo do jogo.

Diante dos fatos, a procuradoria pediu liminar para que o Grêmio “atue com portões fechados nos jogos como mandante e que o clube fique proibido da carga de ingressos nos jogos como visitante até o julgamento do processo no STJD”, diz a nota do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol. A liminar foi encaminhada para análise do presidente do STJD do Futebol, Otávio Noronha.

Segundo a procuradoria, o Grêmio foi “enquadrado no artigo 213 [do CBJD] por não prevenir e reprimir invasão, desordens e lançamento de objeto, além do artigo 211 por deixar de manter o estádio com infraestrutura necessária para garantir a segurança da partida”.

Caso o Grêmio seja condenado, a pena é o pagamento de multa, que pode chegar a R$ 100 mil reais.

Em nota, o clube diz que trabalha para “identificar os demais transgressores em relação ao evento ocorrido ao final da partida entre Grêmio e Palmeiras, na Arena, deixando a critério das autoridades legitimadas para tanto, que os infratores sejam punidos na forma da lei.”

“O Grêmio, habitualmente engajado em ações e campanhas de conscientização contra qualquer tipo de violência e discriminação, não compactua com atos cometidos por pequena parcela dos presentes na partida de ontem.”

“Reitera-se que o Clube não irá se furtar de tomar as medidas internas cabíveis, após a apuração e a responsabilização dos indivíduos envolvidos no episódio”, completa a nota desta segunda.
Fonte: CNN Brasil

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade