No Beira-Rio, Inter empata em 1 a 1 com o Brasil de Pelotas pela sétima rodada do Gauchão – Porto Alegre 24 horas

No Beira-Rio, Inter empata em 1 a 1 com o Brasil de Pelotas pela sétima rodada do Gauchão

A partida foi válida pela sétima rodada do Campeonato Gaúcho.
Foto: Ricardo Duarte/S.C. Internacional

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Na noite dessa quarta-feira (16), o Inter empatou em 1 a 1 com o Brasil de Pelotas, no estádio Beira-Rio, em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Gaúcho. Taison abriu o placar para o Colorado no final do primeiro tempo. Já no início da etapa complementar, Paulo Victor deixou tudo igual para o Xavante. Na última vez que os dois clubes se enfrentaram, o Inter venceu o xavante, por 2 a 1.

Com o resultado, o Colorado chega aos 12 pontos, na vice-liderança, podendo ceder o lugar para o Ypiranga, que joga nesta quinta-feira (17). O Brasil é o sétimo colocado, com dez pontos na tabela. Na próxima rodada, o Inter enfrenta o São José, no domingo (20), às 20h30min, no Francisco Novelletto Neto. Já o Xavante joga no mesmo dia, mais cedo, às 16h, contra o Ypiranga, em Pelotas.

Na última rodada, o Inter havia vencido o Caxias por 1 a 0, em partida disputada no sábado passado (12), no Estádio Centenário, na Serra Gaúcha.

O jogo
Com desfalques, o Brasil de Pelotas foi a Porto Alegre buscando segurar o rival. O Inter conseguiu furar o bloqueio dos visitantes aos 26 minutos. Após triangulação, Mauricio chutou próximo ao travessão. O Xavante respondeu logo depois, em contra-ataque rápido. Paulo Victor chegou a driblar Daniel, mas o goleiro se recuperou e desarmou o atacante. Aos 43 minutos, o outro Paulo Victor, o lateral colorado, cruzou da esquerda e encontrou Taison livre: 1 a 0 para o Inter.

Precisando reagir, o Brasil chegou ao empate aos seis minutos do segundo tempo. Após trama pela direita, Marllon cruzou da direita na cabeça de Paulo Victor: 1 a 1. A partir da igualdade, o Inter intensificou a pressão. Aos 15, Johnny teve uma das melhores oportunidades, ao chutar de dentro da área para defesa de Marcelo. O Xavante conseguiu suportar as investidas coloradas, sobretudo em bolas aéreas, e celebrou o ponto ganho longe de Pelotas.

Ficha técnica
– Internacional: Daniel, Heitor, Kaíque Rocha, Víctor Cuesta, Paulo Victor (Boschilia), Gabriel (D’Alessandro), Johnny, Edenílson, Maurício (Caio Vidal), Taison e Wesley Moraes (David). Técnico: Alexandre Medina.

– Brasil de Pelotas: Marcelo, Marcelinho, Rafael Castro, Helerson, Gabriel Araújo, Luiz Meneses (Herisson), Karl, Marllon (Gilberto Alemão), Luizinho, Paulo Victor e Thiago Santos (Luiz Felipe). Técnico: Jerson Testoni.

– Arbitragem: Rafael Rodrigo Klein, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Fabulo Oliveira Diniz. (O Sul)

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade