Decisão! Campeão Gaúcho receberá troféu especial dos 250 anos de Porto Alegre – Porto Alegre 24 horas

Decisão! Campeão Gaúcho receberá troféu especial dos 250 anos de Porto Alegre

A taça tem 80 centímetros de altura e foi construída em metal, ferro, aço e sucata soldadas, além de dois elementos feitos em alumínio, com uma base de madeira.
Foto: Luciano Lanes/Arquivo PMPA

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

O campeão gaúcho de futebol, que será conhecido neste sábado, 2, na Arena do Grêmio, receberá um troféu especial dos 250 anos de Porto Alegre. Além da taça oficial entregue pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF), que tem o título de Taça 250 anos de Porto Alegre, uma outra, criada pelo artista plástico Mario Cladera, ficará também com Grêmio ou Ypiranga de Erechim.

A taça, feita pela prefeitura em parceria com o Instituto Cultural Português, – que também está produzindo um monumento especial aos 250 anos -, tem 80 centímetros de altura e foi construída em metal, ferro, aço e sucata soldadas, além de dois elementos feitos em alumínio, com uma base de madeira.

Segundo Cladera, o trabalho autoral teve como inspiração a chegada das famílias açorianas. “A escultura se eleva como fosse uma flor, tendo como base a família, que representa a semente de uma cidade acolhedora, como é Porto Alegre”, explica. Ele ressalta que suas inspirações são grandes artistas gaúchos, como Vasco Prado, Chico Stockinger, Carlos Tenius, entre outros.

Para o secretário Extraordinário para os 250 Anos de Porto Alegre, Rogério Beidacki, o troféu é mais uma oportunidade de eternizar esse momento tão importante para a cidade. “Essa obra ficará para sempre no museu do campeão e vai mostrar para as gerações futuras a importância que estamos dando hoje para esse aniversário de um quarto de século”, disse.

Mario Cladera – De nacionalidade alemã-uruguaia, o artista nasceu em Montevidéu, Uruguai, em 1958, e reside em Porto Alegre desde 1978. Trabalhou no ateliê do escultor Vasco Prado e da gravurista e tapeceira Zorávia Bettiol, com a ceramista argentina Martha Kearns. Em 1984, ingressou no Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Desde os anos 80, participou de quase 200 eventos entre exposições coletivas, individuais, salões, curadorias, simpósios, palestra, cursos e leilões. É membro diretor da Associação dos Escultores do Rio Grande do Sul. (PMPA)

Mais noticias do Porto Alegre 24 horas

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade