Grêmio e Inter empataram em 1 a 1, neste sábado (03), na Arena, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clássico número 428 foi o sexto disputado neste ano – o primeiro pelo Brasileirão. Aos sete minutos do segundo tempo, Pepê abriu o placar para o Tricolor. Galhardo empatou para o Colorado aos 29 minutos, de pênalti.

Com o resultado, o Tricolor mantém uma invencibilidade de 11 jogos em Grenais. O Inter soma 22 pontos na tabela e está na segunda posição. Com 14 pontos, o Grêmio é o 14º colocado.

Primeiro tempo

O primeiro tempo da partida teve poucas emoções e forte marcação. Aos cinco minutos de jogo, Galhardo recebeu a bola de Patrick, invadiu a área e chutou. Vanderlei fez a defesa, mas a arbitragem já havia marcado o impedimento do goleador.

Aos 13, Cortez avançou pela esquerda e cruzou para Diego Souza, que chutou nas mãos de Lomba.

Aos 15 minutos, o Colorado respondeu com Heitor, que recebeu um lançamento de Cuesta, invadiu a área e bateu cruzado. A bola passou perto do gol de Vanderlei. Esse foi o primeiro lance de perigo do clássico.

Aos 27, em um chute de Matheus Henrique, a bola desviou na zaga do Inter e passou por cima do gol de Lomba. Alisson cobrou o escanteio na cabeça de David Braz, que mandou para fora. Em seguida, Lomba tirou a bola de soco após uma cobrança de falta na área colorada.

Aos 38, Lucas Silva recebeu na intermediária, driblou Patrick e chutou forte. Lomba fez uma grande defesa e salvou o Internacional. Essa foi a melhor chance de gol da etapa inicial.

Segundo tempo

Aos dois minutos da etapa final, Alisson cobrou falta na cabeça de David Braz, que mandou para fora.

O Grêmio abriu o placar aos sete minutos, com Pepê. Ele recebeu a bola de Diego Souza e, com categoria, encobriu Lomba.

Aos 11, o Tricolor quase ampliou a vantagem. Após um erro na saída de bola do Inter, Alisson chutou, e Lomba evitou o segundo gol do Grêmio.

Aos 20 minutos, D’Alessandro, que entrou em campo no segundo tempo, lançou Galhardo. O atacante chutou cruzado para fora, quase empatando a partida.

Aos 24, Musto foi expulso por acertar o rosto de Diego Souza. O juiz deu o cartão vermelho após observar o lance no árbitro de vídeo.

Galhardo empatou o clássico aos 29 minutos, em um pênalti marcado com o auxílio do árbitro de vídeo. A penalidade foi cometida por Cortez, que colocou a mão na bola em um lance de Edenilson.

O artilheiro cobrou no canto direito de Vanderlei. A bola só entrou depois de bater na trave e no goleiro.

Aos 36 minutos, Cortez foi expulso após cometer uma falta em Cuesta. O lateral já tinha cartão amarelo.

Aos 41, D’Alessandro cobrou escanteio fechado, e Vanderlei cortou de soco. Em seguida, em um novo escanteio, Patrick cabeceou para fora.

A pressão colorada continuou. Aos 43 minutos, Pottker, que entrou em campo na segunda etapa, recebeu na esquerda e chutou. Vanderlei defendeu em dois tempos. (O Sul)