O tricolor venceu o Coritiba por 2 a 1, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, realizada nesta quarta-feira (7) na Arena. Os gols gremistas foram marcados por Luiz Fernando, aos 3 minutos, e por David Braz, aos 10 minutos da primeira etapa. O Coritiba descontou aos 26 minutos do segundo tempo com Nathan Silva. Com o resultado, o Grêmio soma três pontos e assume a 11ª colocação, com 17 pontos e um jogo a menos.

O técnico Renato Portaluppi escalou sua equipe com Vanderlei, Victor Ferraz, Paulo Miranda, David Braz, Diogo Barbosa, Lucas Silva, Matheus Henrique, Robinho, Luiz Fernando, Diego Souza e Pepê.

A partida começou favorável para os gremistas, com o primeiro gol assinalado logo aos 3 minutos de bola rolando. Depois de um lançamento de David Braz para Victor Ferraz, a bola foi trabalhada de pé em pé até chegar a Diogo Barbosa, que fez um cruzamento na medida para Luiz Fernando desviar de cabeça para o fundo das redes e abrir o marcador.

O Coritiba esboçou uma resposta logo na sequência, com Matheus Sales, que saiu em contra-ataque e finalizou, mas mandou fraco, sem perigo para a meta gremista.

Não demorou muito para nascer o segundo gol tricolor. Depois de um chute de Lucas Silva, a bola desviou na marcação e chegou aos pés de David Braz, que recebeu em condições e, com tranquilidade, deslocou o goleiro do Coritiba, mandando para o fundo do gol, com 10 minutos jogados.

Aos 16’, o Coxa tentou novamente pela esquerda. Primeiro com um escanteio, afastado pela defesa e depois com um cruzamento de Hugo na área – a bola passou por todos e chegou a Lucas Silva, que acabou sofrendo falta. No minuto seguinte, mais uma oportunidade gremista, agora dos pés de Pepê. O atacante recebeu um passe, avançou em velocidade e finalizou, obrigando uma boa defesa do goleiro Wilson.

Os visitantes tentaram descontar em uma nova chance, desta vez pelo meio. Robson recebeu na intermediária e chutou forte, com perigo, mandando à esquerda da meta defendida por Vanderlei, aos 21’. Outra chance saiu em uma cobrança de falta da meia direita, próximo a grande área. A bola foi cobrada por Giovanni, que mandou na barreira.

Aos 32 minutos, o Coritiba quase conseguiu descontar com uma boa jogada de Robson, que recebeu na esquerda, cortou a marcação e arrematou forte a gol, assinalando o primeiro do Coritiba, mas o gol foi anulado por impedimento.

Nos minutos finais da etapa inicial, Matheus Henrique fez uma grande jogada, colocando nas costas da zaga para Luiz Fernando e depois para Ferraz, que invadiu a área e fez um cruzamento. Wilson fez uma grande defesa e a zaga completou afastando o perigo.

O segundo tempo foi mais equilibrado. Aos 2’, Luiz Fernando avançou pela direita mas foi parado com falta. Na cobrança, Diogo Barbosa levantou na área, mas o goleiro paranaense defendeu. Já com 8 minutos jogados, foi a vez do Coxa chegar com perigo com Neilton, que recebeu e próximo a meia lua da grande área e arrematou a gol, mas Vanderlei defendeu.

Outra chance adversária saiu com Willian Matheus, que desviou de cabeça uma cobrança de escanteio de Giovanni, levando muito perigo em direção a meta curitibana, com 15 minutos. Novamente no ataque, Giovanni desceu pela esquerda e chutou, obrigando Vanderlei a espalmar para escanteio.

Aos 21’, Maicon mandou pela esquerda para Diogo Barbosa, que cruzou no meio, na área para Pepê. O atacante finalizou de primeira, mas isolou.

Passados 26’, os paranaenses conseguiram descontar com Nathan. Em cobrança de escanteio, a bola foi colocada no primeiro poste para o meia subir e desviar de cabeça para o fundo das redes.

Com 34’, Gui Azevedo recebeu na direita, foi a linha de fundo e cruzou fechado, para Wilson afastar com os pés e impedir o terceiro gol gremista. Já quatro minutos depois, após cobrança de escanteio, Victor Ferraz desviou de cabeça e quase enganou o goleiro adversário.

Na reta final, ainda tentou com Isaque, que recebeu no meio e chutou cruzado, mas após desvio na zaga, a bola saiu a escanteio, à direita da meta adversária.

Grêmio – Técnico Renato Portaluppi

Vanderlei, P. Miranda, David Braz, D. Barbosa, V. Ferraz, M. Henrique, Lucas S. (Maicon), Robinho (Guilherme Azevedo), L. Fernando (Thaciano), Pepê (Marcelo Oliveira), Diego S. (Isaque).

Coritiba – Técnico Jorginho

Wilson, Natanael, Rodolfo Filemon (Nathan Silva), Sabino, William Matheus, Ramón Martínez (Neilton), Hugo Moura (Pablo Thomaz), Matheus Sales, Guilherme Biro (Giovanni Augusto), Robson, Gabriel (Yan Sasse).

Arbitragem

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC);
Auxiliar 1: Alex dos Santos (SC);
Auxiliar 2: Johnny Barros de Oliveira (SC);
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ).