Sebastián Srur, jornalista argentino da Radio Continental, cravou em seu Twitter que Edinson Cavani está com destino definido. O atacante e o Grêmio teriam chegado a um acordo, e o uruguaio estaria desembarcando em Porto Alegre na próxima segunda-feira (7/9).

“Dou uma bomba internacional: há uma hora o passe do uruguaio Cavani para o Grêmio do Brasil foi encerrado. Segunda à tarde ele chega a Porto Alegre”, escreveu Sebastián em seu perfil nesta sexta-feira (4/9).

Foi o empresário do atleta que confirmou a negociação ao jornalista, mas o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, acalmou a situação. Para a Gaúcha ZH, ele disse: “Não tem nada agora e nunca teve. Esse é um assunto que não devemos nem alimentar o sonho do torcedor. O Cavani é um jogador que tem proposta de uns dez clubes europeus, todas superiores a que qualquer clube brasileiro pode pagar.”

No entanto, Paulo Luz, vice-presidente de futebol do tricolor, disse nessa quinta (3/9), que o clube pode fazer um anúncio que “surpreenderá a opinião pública e a torcida gremista, porque certamente serão contratações de grande repercussão”.

O atacante de 33 anos está livre no mercado desde 1º de julho, quando chegou ao fim seu contrato com o Paris Saint-Germain. Cavani já declarou ter o sonho de jogar a Libertadores e pode estar perto de realizá-lo.

Ao questionar no quanto a contratação irá pesar no bolso tricolor, o Grêmio anunciou nesta sexta a rescisão de contrato com Thiago Neves e ainda tem guardado nos cofres o dinheiro da venda de Everton Cebolinha para o Benfica — 20 milhões de euros, cerca de R$ 127,6 milhões. A equipe de Portugal também tentou a contratação de Cavani, mas desistiu por causa do alto pedido salarial do jogador. (Metrópoles)