O Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus da prefeitura de Porto Alegre anunciou, nesta quarta-feira (18), a interrupção do processo de flexibilização das atividades comerciais, que vinha ocorrendo na Capital.

A medida se deve ao cenário epidemiológico apresentado nas últimas semanas. De acordo com as informações da Secretaria Municipal de Saúde, há estabilidade no número de pacientes confirmados com Covid -19 em leitos de UTI. No entanto, outros indicadores, especialmente a busca ambulatorial por atendimento de síndrome gripal, vêm apontando aumento recente, o que sinaliza alerta para os próximos dias quanto à possibilidade de reversão da estabilidade.

Segundo a prefeitura, os números seguem sendo monitorados pelas equipes técnicas. Em outubro, o município iniciou o processo de reorganização da rede hospitalar, que estava mobilizada para atendimento à pandemia de coronavírus. Procedimentos e cirurgias que estavam represados desde março deste ano passaram a ser retomados nas instituições hospitalares com a reorientação de leitos e profissionais antes dedicados à Covid-19.

A prefeitura ressaltou que acompanha em tempo real todo o processo de atendimento na rede de saúde e, caso necessário, leitos podem ser remobilizados para garantir assistência adequada a pacientes com Covid-19.

A Secretaria de Saúde reforçou a importância de a população intensificar os hábitos de higienização e distanciamento social como forma de evitar o contágio pelo coronavírus. Ao apresentar sintomas de Covid-19 ou entrar em contato com um caso confirmado no trabalho ou em domicílio, a pessoa deve fazer a testagem. Porto Alegre conta com mais de 15 pontos de coleta para teste de Covid-19 em unidades de saúde e pronto-atendimentos.

Prefeito

Na tarde de terça-feira (17), o prefeito Nelson Marchezan Júnior anunciou que testou positivo para o coronavírus. Ele apresenta sintomas leves e está em isolamento domiciliar.

O Sul