A morte de Tom Veiga, intérprete do Louro José, traz um detalhe ainda mais triste. O ator morreu exatamente no mesmo dia do aniversário de 15 anos da filha, Alissa Veiga.

Alissa mora nos EUA com o irmão e a mãe, Alessandra, com quem Tom foi casado por 14 anos. Segundo amigos próximos, Tom era ‘louco’ pelos filhos e sempre reclamava da saudade que sentia deles.

Pelas redes sociais, vários amigos e familiares deixaram mensagens para a adolescente.

O corpo do ator foi encontrado sem vida na tarde deste domingo (1º). Ele estava sozinho no apartamento, localizado na zona sul no Rio.

Amigos estranharam o fato de Tom, que tinha viagem para SP agendada para domingo, não aparecer no aeroporto. Ele também não retornava as ligações nem atendia o interfone no apartamento. Foi aí que a polícia foi chamada.

Há cerca de dois meses, Tom Veiga estava divorciado de seu segundo casamento, que durou apenas oito meses.

Segundo amigos próximos, o ator de 47 anos sofria de problemas cardíacos e depressão.

Ana Maria Braga retornava de um fim de semana em sua fazenda, quando foi informada da morte de Tom Veiga.

“Perdi meu parceiro de todo dia, meu amigo, meu filho. O Tom era um menino de sorriso solto, sempre alegre, com um humor único e talentoso demais. A fragilidade da vida nos pegou mais uma vez de surpresa e me deixou completamente sem chão. O momento agora é de oração”, postou Ana Maria.

Segundo o “Mais Você”, programa onde Tom trabalhava, o laudo médico indica que ele morreu vítima de um acidente vascular cerebral, AVC. (R7)