Mulher é morta a tiros após decapitar coruja e gerar revolta na web

Mulher é morta a tiros após decapitar coruja e gerar revolta na web

Mileydis Aldana Herazo, de 21 anos, foi assassinada com seis tiros na porta de sua casa, em Corozal, na Colômbia
Reprodução

Compartilhe esta notícia

Uma mulher que gerou revolta na web ao decapitar uma coruja e o vídeo viralizar, foi morta a tiros no fim da tarde do último dia 13. A vítima foi identificada como Mileydis Aldana Herazo, 21 anos. As informações são do jornal Extra.

Ela foi assassinada com seis tiros na porta de sua casa, em Corozal, na Colômbia

O atirador estava na garupa de uma motocicleta, quando abordou a mulher. Mileydis Aldana foi baleada no peito, no braço esquerdo e na perna esquerda. Ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime.

A polícia colombiana investiga se a morte da mulher tem a ver com a decapitação da coruja, ocorrida em junho, segundo informações do jornal “El Heraldo”.

Mileydis tinha passagem pela polícia por fabricação e venda de drogas. Desde o início do mês, no Facebook, a colombiana postava mensagens em que se dizia ameaçada de morte.

A mulher havia sido indiciada por crueldade animal, crime quem na Colômbia, prevê até dois anos de prisão, por causa da decapitação da coruja.

Catraca Livre

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Para mais informações, incluindo como configurar as permissões dos cookies, consulte a nossa nova Políticas de privacidade