Siga o Porto Alegre 24 Horas no Google News

Uma situação inusitada foi registrada na longínqua Eslováquia. Uma mulher fez sexo com um ladrão que roubava uma loja de conveniência, na cidade de Bratislava, com o objetivo de distraí-lo até que a polícia aparecesse, de acordo com o que foi relatado pela polícia local, em reportagem do “Sun”.

O ladrão, de 24 anos, forçou um funcionário da loja a entregar todo o dinheiro do caixa durante a ação criminosa na madrugada de quarta-feira (27).

O funcionário então fugiu para o escritório ao fundo depois de ter levado um soco no rosto.

De acordo com a agência de notícias TASR, citando uma fonte policial, nesse momento uma mulher entrou na loja pela porta dos fundos supostamente disposta a ajudar a pôr fim ao assalto.

A mulher – que não se acredita ser funcionária – teria praticado sexo oral no assaltante para impedi-lo de fugir. Um funcionário já havia chamado a polícia.

Quando os agentes chegaram ao local, descobriram a mulher e o ladrão deitados nus no chão, segundo relatos.

Não está claro se a mulher – que se chamaria Sona, de 35 anos, oriunda da República Tcheca – teria se submetido ao ato sexual com medo de ser agredida.

O porta-voz da polícia de Bratislava, Michal Szeiff, disse à TASR que os policiais viram o homem “recebendo serviços sexuais da mulher”.

Quando os policias flagaram a cena Sona teria dito “Leve-o, não consigo mais”. O ladrão, que resistiu a prisão, teve de ser contido.

Fonte Jornal Extra