reprodução/BBC

Vídeo: novas imagens mostram George Floyd implorando para não morrer

Vídeo foi apresentado durante o julgamento do caso George Floyd

Compartilhe esta notícia

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on whatsapp

Novas imagens captadas por uma câmera policial foram apresentadas no julgamento do caso George Floyd, norte-americano negro sufocado até a morte por um policial em maio de 2020. O vídeo mostra a vítima implorando clemência enquanto era detido.

A gravação, divulgada pela BBC, provocou forte reação na corte em Minneapolis, nos Estados Unidos na quarta-feira, 31. “Eu não sou um cara mau”, diz Floyd.

O julgamento do ex-policial Derek Chauvin, de 45 anos, acusado de asfixiar e matar Floyd, começou nesta semana.

Laudos de duas autópsias atestaram que ele foi realmente morto por asfixia mecânica, e não vítima de outra causa, como quiseram afirmar os defensores dos policiais.

Prisão

Chauvin foi preso sob a acusação de homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Outros três policiais ainda estão sob investigação.

Um vídeo revelou que Chauvin ajoelhou sobre o pescoço de George Floyd por quase nove minutos, apesar das súplicas da vítima e das testemunhas para que parasse.

O assassinato provocou reações em todo o mundo. Entre os protestos, a Casa Branca, sede do governo em Washington, chegou a ser cercada por centenas de manifestantes indignados com a morte de Floyd.

Outras imagens

Imagens de câmeras usadas por dois dos policiais envolvidos no assassinato de George Floyd foram divulgadas em agosto de 2020 pelo jornal britânico “Daily Mail”. Nos vídeos, trechos inéditos mostram a ação desde começo, na abordagem, até a morte.

As imagens foram gravadas pelas câmeras presas aos uniformes dos policiais Thomas Lane e Alex Kueng. Eles foram os primeiros atender ao chamado do funcionário de uma loja que acusou Floyd de pagar uma compra com uma nota falsa de US$ 20.

Nos vídeos é possível ver que George Floyd, ainda dentro do carro com uma arma apontada pra cabeça, pede mais de uma vez “por favor, não atire em mim”. O policial diz que não vai atirar. Floyd diz que perdeu a mãe há pouco tempo e que está com medo porque já havia levado um tiro de um policial. De forma agressiva, o agente pede a ele para colocar as mãos no volante. Floyd sai do seu carro e é algemado.

Depois, as imagens mostram George sendo levado para o carro da polícia. Um dos policiais diz a ele: “Pare de cair”. Floyd aparece resistindo às tentativas dos policiais de colocá-lo no carro.

No momento em que ele é contigo pelos policiais e colocado no banco de trás, George Floyd começa a dizer que é “claustrofóbico” e pede “por favor” para sair de lá. Resistindo, ele acaba caindo para fora do carro. É quando os policiais tentam contê-lo.

O vídeo traduzido foi divulgado pelo G1.

Catraca Livre